Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Mundo do futebol comenta sorteio da Copa do Mundo na Rússia 2018

19:44 | Dez. 01, 2017
Autor -
Foto do autor
- Autor
Tipo Notícia

[FOTO1] 

Depois da definição dos grupos da Copa do Mundo da Rússia-2018, com sorteio realizado nesta sexta-feira, em Moscou, celebridades do mundo do futebol comentaram as chaves e os adversários na maior competição esportiva do planeta.

- Ronaldo (Brasil)
Campeão mundial com o Brasil, em 1994 e 2002, Ronaldo disse que o sorteio foi equilibrado.

"Todos os grupos são bem equilibrados. Nós temos totais condições de terminar em primeiro. Existem outros grupos mais complicados, como Espanha e Portugal. Nosso grupo é acessível e Tite já está planejando seu plano".

- Gelson Fernandes (Suíça)

"Jogara primeira partida contra o Brasil é um sonho de infância. Mas, de maneira objetiva, vai ser um grupo muito, muito complicado. A Costa Rica foi às quartas há quatro anos e a Sérvia tem muita qualidade e ótimas individualidades. O desafio é grande, mas ao mesmo tempo não temos nada a perder".

- Denis Zakaria (Suíça)

"O Brasil é claramente favorito, mas atrás está aberto. A Suíça tem boas chances, com certeza. Há anos que trabalhamos bem juntos. Jogar a Copa do Mundo é o objetivo de todo jogador de futebol e fico feliz de estar lá. Poder descobrir essa competição e a Rússia, que é um país que não conheço, é muito motivante. O grupo é difícil, sim, mas isso é bom".

- Mladen Krstajic (técnico interino da Sérvia)

"O grupo é difícil, o Brasil é o franco favorito. Todos os outros vão lutar pela segunda posição. Nosso último jogo vai ser contra o Brasil, em Moscou, e será uma oportunidade para os nossos torcedores e fãs russos nos ajudar".

- Oscar Ramírez (técnico da Costa Rica)

"Se dissermos que o Brasil é o favorito, o jogo inicial contra Sérvia é importante vencer. Com um bom fechamento contra a Suíça podemos nos classificar".

- Diego Maradona (Argentina)

"O grupo D é bastante acessível, mas a Argentina precisa melhorar. Não pode jogar tão mal", disse Maradona depois de ajudar o sorteio do Mundial da Rússia".

- Jorge Sampaoli (técnico da Argentina)

"Mais do que tudo, o grupo precisa ter uma ideia. Além de ter o melhor do mundo (Lionel Messi), temos que ter um bom funcionamento do time. Croácia tem um meio de campo excelente, um time muito forte. A Nigéria é um time imprevisível com jogadores muito rápidos".
Respondendo à provocação de Maradona, Sampaoli disse que "tomara que tenhamos a chance de aproveitar esse tempo e jogar melhor".

- Zlatko Dalic (técnico da Croácia)

"Gostaria de ter evitado as melhores seleções. A Argentina é favorita e não temos nada a perder contra ela. Não precisamos andar com cálculos. A classificação está no nosso alcance, mas vai ser difícil".

Heimir Hallgrimsson (técnico da Islândia)

"Jogar contra a Argentina de Lionel Messi no nosso primeiro jogo da história na Copa do Mundo é algo romântico e muito bonito. No futebol sempre existe uma chance de vencer. Demonstramos durante anos que se jogarmos bem podemos batalhar".

- Gernot Rohr (técnico da Nigéria)

"Será mais difícil surpreender a Argentina, porque esta grande equipe agora conhece nosso jogo (Nigéria venceu amistoso 4-2 recentemente). Estamos num grupo interessante com equipes melhores colocadas no ranking da Fifa do que nós. Temos que nos preparar bem".

- Joachim Low (técnico da Alemanha)

"Esportivamente, são adversários muito interessantes. Queremos colocar neste grupo as bases da nossa defesa pelo título. Esse é nosso objetivo".

- Manuel Neuer (Alemanha)

"Pegamos adversários que não nos são desconhecidos. Sempre prefiro saber o que esperar. São adversários que precisam ser levados a sério, mas nosso objetivo tem que ser terminar em primeiro do grupo. O México joga um futebol muito agressivo. Para os suecos, temos uma boa maneira de nos motivar, já que eles eliminaram a Itália. A Coreia do Sul é famosa por seu bom futebol. É um grupo interessante".

- Juan Carlos Osório (técnico do México)

"É um grupo difícil. Vamos competir contra o número 1 do mundo, o campeão. É um excelente time e um exemplo a seguir. Coreia do Sul tem um técnico familiarizado com seus jogadores. A Suécia é uma seleção que deixou Holanda e Bulgária fora, não é pouca coisa. Muito menos deixar a Itália para trás na repescagem".

- Shin Tae-yon (técnico da Coreia do Sul)

"A Alemanha é uma ótima equipe, um adversário muito difícil. Por enquanto, não estou muito confiante para esta partida. Por sorte, só jogamos contra eles na terceira partida".

- Janne Andersson (técnico da Suécia)

"Serão jogos difíceis. Após a repescagem contra a Itália, eu sinto uma grande confiança em nossa equipe".

- Julen Lopetegui (técnico da Espanha)

"Não podia ser de outra maneira, é um grupo complicado. É um Mundial. Portugal é campeão da Europa, um grande time. Marrocos deixou a Costa do Marfim fora e não perdeu na eliminatória. Irã é o único time que não sofreu gol nas eliminatórias. São bons times, com bons jogadores e um grupo complicado que vai nos exigir ao máximo".

- Carles Puyol (Espanha)

"É um bom grupo para a Espanha. A primeira partida contra Portugal vai ser muito importante. Vai ser um jogo chave para o grupo"

- Fernando Santos (técnico de Portugal)

"Do meu ponto de vista, é um grupo enganador mas podemos dizer que Portugal e Espanha são favoritos. Quando olhamos atentamente os adversários, Marrocos e Irã acabaram invictos na eliminatória".

- Carlos Queiroz (técnico do Irã)

"Pessoalmente, estou muito feliz porque é um grupo com duas seleções de dois lugares muito especiais para mim. Mas para nós vai ser uma competição muito dura. Seria independentemente do grupo em que estivéssemos".

- Hervé Renard (técnico do Marrocos)

"Todo mundo queria evitar a Espanha e nós pegamos. Muito obrigado. Sendo assim, precisamos encarar estes dois monstros e fazer tudo o possível para classificar para as oitavas de final, apesar de ser difícil. No Marrocos, o campeonato espanhol é muito importante. É uma grande honra enfrentar essa seleção espanhola que é muito forte e Portugal, atual campeão europeu".

- Didier Deschamps (técnico da França)

"Eu vou te dar uma resposta clássica: poderia ser pior, com certeza. Recebemos respostas e vamos passar muito tempo planejando nossa preparação para esta Copa do Mundo. O ponto em comum entre essas três seleções (Peru, Dinamàs oitavas e em primeiro do grupo, esse é o objetivo. Vamos para a Copa com muita ambição, mas com humildade. O primeiro objetivo é básico, mas é de terminar em primeiro do grupo".

- Ricardo Gareca (técnico do Peru)

"É um grupo que poder se ajustar e que a concorrência dos rivais é interessante, de muito cuidado. A França é a seleção que pode fazer a diferença, mas é um bom grupo para nós".

- Gareth Southgate (técnico da Inglaterra)

"Sempre fomos muito bons em dar adeus com antecedência a equipes que acabaram nos eliminando em seguida. Temos que estar prontos para cada jogo. É incrível e emocionante estar aqui no sorteio com todos os outros treinadores. Temos muita vontade de seguir em frente. O objetivo é a classificação".

- Vahid Halilhodzic (técnico do Japão)

"É um grupo difícil, é preciso ser realista. Precisamos nos preparar para fazer uma façanha. Senegal é um time difícil, Colômbia é um time muito equilibrado. Polônia, com Lewandowski, tem um dos melhores atacantes do mundo".

- Robert Lewandowski (Polônia)

"Não é um grupo fácil e não acho que somos favoritos. É bom ter adversários interessantes de todos os continentes. Vai ser legal o duelo contra meu colega de Bayern de Munique, James Rodríguez, contra a Colômbia".

- José Pekerman (técnico da Colômbia)

"Não sou de exteriorizar tanta alegria, porque sei o que é um mundial e sei o que é competir. Cada time da Copa tem suas dificuldades".

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Revezamento masculino 4x100 m não alcança decisão na Olimpíada

Esportes
01:25 | Ago. 05, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A equipe brasileira masculina do revezamento 4x100 metros (m), formada por Rodrigo do Nascimento, Felipe Bardi, Derick Silva e Paulo André Camilo, ficou fora da final da Olimpíada de Tóquio (Japão) após terminar a 1ª bateria das eliminatórias na 5ª posição com o tempo de 38s34 (a 12ª melhor marca no geral), na madrugada desta quinta-feira (5) no Estádio Olímpico.

A liderança foi da Jamaica, com o tempo de 37s82. Na sequência vieram a Grã-Bretanha, com 38s02, e o Japão, com 38s16.

Na segunda eliminatória avançaram diretamente China e Canadá, que empataram com o tempo de 37s92, e a Itália, com 37s95. Além disso, passaram, em razão do tempo, os times da Alemanha (38s06) e de Gana (38s08).

“Corremos mal. Nosso desempenho não foi o melhor. Nas passagens acredito que tenham sido boas, tem coisas para ajustar, mas dentro do padrão do Brasil. Mas nossa corrida hoje não foi adequada. Mas saímos de cabeça erguida. A pandemia [de covid-19] nos afetou bastante”, afirmou Rodrigo Nascimento, após a prova, ao Comitê Olímpico do Brasil (COB).
 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Brasileiro Pedro Barros conquista medalha de prata no skate park em Tóquio 2020

Jogos Olímpicos
01:11 | Ago. 05, 2021
Autor Wanderson Trindade
Foto do autor
Wanderson Trindade Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Brasil conquistou a medalha de prata no skate park em Tóquio 2020, na madrugada desta quinta-feira, 5. Pedro Barros subiu ao pódio na primeira final da modalidade da história dos Jogos Olímpicos.

Além dele, Pedro Quintas e Luiz Francisco também disputaram a final, mas ficaram na 8ª e 4ª colocação, respectivamente. O ouro ficou com o australiano Keegan Palmer, enquanto o bronze com o americano Cory Juneau.

A classificação ficou assim:

1º - Keegan Palmer (AUS): 95.83 pontos

2º - Pedro Barros (BRA): 86.14 pontos

3º - Cory Juneau (EUA): 84.13 pontos

 

 

OLIMPÍADAS DE TÓQUIO: CONFIRA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Marte: automóvel espacial Curiosity encontra formação rochosa curiosa

Planeta vermelho
01:02 | Ago. 05, 2021
Autor Mateus Brisa
Foto do autor
Mateus Brisa Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O rover espacial Curiosity encontrou uma formação rochosa enquanto explorava a cratera Gale, em Marte. Composta por um arco de 16,5 centímetros, a formação poderia ser derrubada, tendo em vista seu formato, com um vento forte, mas se mantém firme no relevo onde foi encontrada. O fato aguçou a curiosidade de cientistas, pois a cratera Gale é conhecida por sua área afetada por forte ventaria e alto volume de partículas.

“Alguns enxergam uma cobra, outros enxergam chifres, e outros veem uma cepa de DNA, mas pelo menos por enquanto, o que eu vejo é um excelente mosaico nessa edificação, provavelmente [vinda] da erosão diferencial nas rochas alteradas”, relatou Gwénaël Caravaca, geologista especialista em Marte. As informações são dos portais Olhar Digital e Sputnik News.

O automóvel Curiosity pousou em Marte em agosto de 2012 na área de cratera com a missão de examinar a existência de vida microbiana na superfície ou na atmosfera do planeta vermelho. Desde então, coleta materiais para cientistas, incluindo a curiosa formação rochosa. Marte hospeda, ainda, outros dispositivos de exploração, como o rover Perseverance.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Ceará tem "sinal forte" de tendência de crescimento de Síndrome Respiratória Aguda Grave

InfoGripe
00:56 | Ago. 05, 2021
Autor Leonardo Maia
Foto do autor
Leonardo Maia Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Brasil pode estar enfrentando uma reversão na tendência de queda do número de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), conforme indica o Boletim InfoGripe da Fundação Oswaldo Cruz (FioCruz) divulgado nesta quarta-feira, 4. A análise de dados do órgão demonstrou que há uma tendência de crescimento moderado nas últimas três semanas, mas a queda permanece quando o intervalo de análise é maior, nas últimas seis semanas. Em relação ao Ceará, a Fiocruz alerta que há um “sinal forte” de crescimento na tendência de curto prazo, porém com sinal de estabilidade na tendência de longo prazo.

No longo prazo, apenas três federações apresentam tendência de aumento: Mato Grosso do Sul, Amazonas e Acre — este último com índices mais preocupantes. Dentre os casos registrados, mais de 1,5 milhão desde o início de 2020, cerca de 96% são decorrentes do SARS-CoV-2 (Covid-19).

Já entre as capitais, Fortaleza e outras cinco cidades apresentam tendência de crescimento no longo prazo. Junto a Belém, o município cearense fica entre os dois únicos desse grupo que também registra o aumento a curto prazo. No restante do Estado, as macrorregiões de Sobral e do Cariri têm sinal moderado e forte de crescimento na tendência de curto prazo, respectivamente. No Sertão Central e Litoral Leste/Jaguaribe, há queda ou estabilidade em ambos cenários.

Os pesquisadores alertam que esse cenário deve manter o número de hospitalizações e mortes em patamares elevados. Eles ainda ponderam que a não adoção de medidas mitigadoras pode ocasionar o agravamento do quadro dos episódios de SRAG. Durante o boletim, os especialistas explicam que algumas estatísticas devem ser observados com cautela nas análises, porque alguns dados mais recentes ainda não foram totalmente digitados, entre outras razões.

>> Leia a íntegra do boletim divulgado pela FioCruz:  Clique aqui para baixar o PDF.

Média móvel de casos e óbitos chega a patamar mais baixo desde janeiro deste ano, aponta Ministério da Saúde

A média móvel de casos e óbitos chegou ao patamar mais baixo nessa segunda-feira, 2, desde janeiro deste ano, de acordo com o Ministério da Saúde (MS). O órgão federal reconhece que a melhora no cenário epidemiológico do Brasil é consequência da vacinação contra a Covid-19, com cerca de 160 milhões de brasileiros acima de 18 anos. Já são 101 milhões de pessoas com a primeira dose, 63% do total, e 41,5 milhões de pessoas com a segunda dose ou a vacina de dose única, equivalente a 25% do público-alvo da campanha.

A redução no número de casos e óbitos já é observada nas últimas semanas, de forma progressiva, conforme o MS. De 25 de junho a 25 de julho, a média móvel de casos teve queda de 40%. Já quanto ao número de mortes, a redução foi de 42%. Nos últimos quatro meses, houve uma queda 46% na média móvel de casos e de 65% na de óbitos pela Covid-19.

A média móvel de mortes é calculada somando as mortes confirmadas nas últimas 24 horas com as que foram registradas nos seis dias anteriores. Com atualizações recorrentes, a média móvel de casos ajuda os especialistas a avaliarem a situação da pandemia, apontando para o aumento ou a estabilização dos números.

Nas últimas 24 horas, 1.175 mortes em decorrência da Covid-19 foram registradas no País. Os dados foram divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde nesta quarta-feira, 4, às 18 horas. Durante o período, também foram notificados 40.715 novos casos de contágio pela doença. Desde o início da pandemia, o Brasil registra cerca de 20 milhões de casos de contágio, além de acumular 559.607 vítimas fatais da doença.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Futsal: Seleção do Brasil é convocada para Copa do Mundo Fifa 2021

Mundial de Futsal
00:53 | Ago. 05, 2021
Autor O Povo
Foto do autor
O Povo Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou nessa quarta-feira, 4, a lista dos 16 jogadores que defenderão o Brasil no Mundial da Lituânia, que acontece entre os dias 12 de setembro e 3 de outubro. A seleção brasileira foi sorteada para integrar o grupo D com a República Tcheca, Panamá e Vietnã.

Ao todo, serão 24 seleções divididas em seis chaves. Passam para as oitavas de final as duas melhores de cada chave, além dos quatro melhores terceiros. Para fazer a convocação, o técnico do Brasil Marquinhos Xavier apostou em misturar nomes de jogadores que atuam no País, com nomes que competem nas principais ligas europeias de futsal, sendo oito de cada. 

"Temos que ser humildes, sabemos que os países evoluem. Por outro lado, temos uma hegemonia a defender, que é a história do nosso futsal. Temos uma equipe extremamente capacitada para buscar esse título. Nós estamos indo com esse desejo de trazer esse título para o Brasil. Mas sempre respeitando o crescimento dos outros países, temos fortes concorrentes. A nossa missão é nos concentrarmos naquilo que temos que fazer, na nossa capacidade de desenvolver um grande futsal e trazer, mais uma vez, essa importante conquista", afirmou o técnico da Seleção em divulgação da CBF. 

Brasil no futsal: confira os nomes dos convocados 

Goleiros:

Guitta – Sporting (POR)

Djony – Sorocaba

Wllian – Joinville

Fixos:

Rodrigo – Sorocaba

Marlon – Palma (ESP)

Lé – Corinthians

Alas:

Arthur – Benfica (POR)

Leonardo – Sorocaba

Dyego – Barcelona (ESP)

Leandro Lino – Sorocaba

Bruno – Ukhta (RUS)

Gadeia – Elpozo (ESP)

Pivôs:

Ferrão – Barcelona (ESP)

Pito – Barcelona (ESP)

Rocha – Carlos Barbosa

Dieguinho – Joinville

Os grupos do Mundial de Futsal

  • Grupo A: Lituânia, Venezuela, Cazaquistão e Costa Rica
  • Grupo B: Uzbequistão, Guatemala, Rússia e Egito
  • Grupo C: Tailândia, Portugal, Marrocos e Ilhas Salomão
  • Grupo D: Panamá, República Tcheca, Brasil e Vietnã
  • Grupo E: Angola, Japão, Paraguai e Espanha
  • Grupo F: Argentina, Estados Unidos, Sérvia e Irã
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags