PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Libertadores e filha seriam motivos para Pratto trocar o São Paulo pelo River

A capa do tradicional jornal argentino Olé desta sexta-feira chama a atenção. Em sua página principal, o informativo estampa uma foto do atacante Lucas Pratto ao lado de uma camisa do River Plate, sob o escrito: ?Já assinou?. No entanto, a capa não passa de uma brincadeira, já que o atacante, que passa férias em [?]

11:45 | 22/12/2017

A capa do tradicional jornal argentino Olé desta sexta-feira chama a atenção. Em sua página principal, o informativo estampa uma foto do atacante Lucas Pratto ao lado de uma camisa do River Plate, sob o escrito: ?Já assinou?. No entanto, a capa não passa de uma brincadeira, já que o atacante, que passa férias em seu país, apenas autografou a camisa do clube para uma torcedora.

Apesar da brincadeira, o jornal cita que o interesse do River Plate em contar com o atacante do São Paulo na próxima temporada é bastante sério. Em sua publicação desta sexta, o jornal cita dois motivos que podem ser determinantes para a transferência do atleta para o clube argentino.

O primeiro deles seria o fato da sua filha, Pia, de sete anos, ainda morar na Argentina. O segundo seria a não participação do São Paulo na Copa Libertadores. Gustavo Gõni, empresário do atacante, explica que conquistar o título continental é um sonho do camisa nove desde a infância.

?Um de seus sonhos dele é ganhar a Copa Libertadores, desde de pequeno. Acabou não conseguindo com o Vélez, com o Atlético Mineiro e na Universidad Católica. Ele chegou no São Paulo com a ideia de ganhá-la, porém este projeto acabou não saindo da maneira como planejado?.

Questionado sobre a possibilidade de retornar ao seu país natal, o atacante não escondeu que pensa sobre o assunto. ?Sempre penso em voltar, também por questões familiares. Já muitas coisas que tenho que por na balança. Além disso não sou mais um garoto, tenho uma idade boa e isso seria importante?, avaliou ao jornal.

De acordo com o que os jornais argentinos vem noticiando durante a semana, o River Plate estaria disposto a desembolsar 10 milhões de dólares (cerca de R$ 33 milhões) para ter o atacante de 29 em seu plantel em 2018. Pratto seria um desejo pessoal do presidente Rodolfo D?Onofrio, reeleito no River no início de dezembro, quando prometeu contratar um centroavante de peso.

Em fevereiro, o Tricolor pagou 6,2 milhões de euros (R$ 20,7 milhões na cotação da época) ao Atlético-MG para comprar 50% dos direitos econômicos de Pratto, cujo contrato vai até janeiro de 2021. O centroavante terminou o ano como um dos líderes do elenco e artilheiro da equipe, com 14 gols.

Gazeta Esportiva

TAGS