PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Barcelona não vai aplaudir Real Madrid pelo Mundial, avisa diretor

O Barcelona tomou uma decisão polêmica na última semana em relação à conquista do Mundial de Clubes do Real Madrid. No próximo sábado (23), quando recebe o Real pelo Campeonato Espanhol, o clube catalão não fará o tradicional pasillo, uma homenagem a rivais que conquistam títulos importantes. Trata-se de aplaudir os adversários formando um corredor, pelo [?]

06:45 | 20/12/2017

O Barcelona tomou uma decisão polêmica na última semana em relação à conquista do Mundial de Clubes do Real Madrid. No próximo sábado (23), quando recebe o Real pelo Campeonato Espanhol, o clube catalão não fará o tradicional pasillo, uma homenagem a rivais que conquistam títulos importantes. Trata-se de aplaudir os adversários formando um corredor, pelo qual passam os jogadores do time campeão.

A decisão foi comunicada por Guillermo Amor, diretor do Barcelona, em entrevista ao canal espanhol Movistar. ?Geralmente o fazemos quando nós participamos dessa competição?, disse. ?Não é o caso?. A decisão final, no entanto, será tomada apenas no vestiário antes do jogo.

A decisão de não fazer o corredor não é inédita na Espanha. O Barcelona, por exemplo, foi homenageado em duas das três últimas ocasiões em que venceu o Mundial de Clubes. Foi aplaudido em 2009 pelo Vilarreal e em 2015 pelo Betis, mas não foi aplaudido em 2011.

Autor do gol da vitória merengue sobre o Grêmio, Cristiano Ronaldo disse, após a final do Mundial, que gostaria que os rivais fizessem a homenagem: ?Seria bonito, e eu gostaria que o Barcelona fizesse o corredor?.

Gazeta Esportiva

TAGS