PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Sem medalhões e com Mena ?atacante?, Sport busca virada contra Junior Barranquilla

Nesta quinta-feira, o Sport tem a árdua tarefa de virar o placar de 2 a 0 sofrido na Ilha do Retiro, no jogo de ida das quartas de final da Copa Sul-americana. O Rubro-negro pernambucano visita o Junior Barranquilla, em Barranquilla, Colômbia, no Estádio Metropolitano, a partir das 22h45 (de Brasília), para recuperar o prejuízo [?]

19:15 | 01/11/2017

Nesta quinta-feira, o Sport tem a árdua tarefa de virar o placar de 2 a 0 sofrido na Ilha do Retiro, no jogo de ida das quartas de final da Copa Sul-americana. O Rubro-negro pernambucano visita o Junior Barranquilla, em Barranquilla, Colômbia, no Estádio Metropolitano, a partir das 22h45 (de Brasília), para recuperar o prejuízo e ir à semifinal do torneio. A equipe classificada terá pela frente o vencedor do clássico carioca entre Fluminense e Flamengo, cujo jogo de ida terminou 1 a 0 para o Urubu.

O Leão vive momento conturbado, sobretudo no Campeonato Brasileiro. Sem vencer a quatro partidas, o time se encontra próximo da zona de rebaixamento à Série B. Após a derrota no duelo de ida contra os colombianos, o técnico Vanderlei Luxemburgo foi demitido do cargo. O interino Daniel Paulista assumiu e, mesmo com derrota em seu primeiro jogo, ainda conta com o apoio do plantel. ?Daniel está há muitos anos conosco. Sempre é o interino quando precisa, conhece todos os jogadores. Falamos igualmente, é outra motivação. Bom treinador, que já nos conhece. Estamos absorvendo suas ideias e sabemos sua maneira de trabalhar?, apontou o atacante Reinaldo Lenis.

Para além da dificuldade no placar, Paulista não poderá contar com suas principais peças do elenco. O capitão Diego Souza é um dos que ficaram em Recife, em tratamento fisioterapêutico para, quem sabe, estar à disposição no duelo do final de semana, contra a Chapecoense. Lenis, que nesta quinta voltará a jogar em seu país natal, admite que o meia faz falta, mas não vê uma queda de qualidade tão grande no time. ?A equipe já jogou sem o Diego. Afeta por ser uma referência no grupo, o capitão, jogador de seleção. Mas quem entrar também vai jogar bem?, afirmou.

Outro jogador que viverá uma noite especial será o zagueiro Henríquez, que também voltará a atuar em seu país de origem. Para ele, especial mesmo seria triunfar e alcançar a virada no marcador. ?Vamos descansar para entrar em campo com plenas condições de reverter a vantagem que eles construíram jogando na nossa casa?, falou, após desembarque na Colômbia.

Também por desgaste físico, o volante Rithely e o atacante André foram poupados e nem sequer viajaram à Colômbia. Os outros desfalques ficam por conta do lateral direito Raul Prata, lesionado por estiramento na coxa, do volante Wesley e do atacante Osvaldo, que não foram inscritos na competição.No treino desta terça-feira, a grande novidade na escalação esboçada pelo comandante rubro-negro foi o posicionamento do chileno Mena, lateral de origem, que foi posicionado mais adiantado, como um ponta.

Para voltar ao Brasil classificado, o Sport precisa vencer por três gols de diferença. Por dois gols de diferença, a classificação também pode vir, mas somente se forem marcados mais de dois gols. Um placar de 2 a 0 leva a partida para os pênaltis.

 

FICHA TÉCNICA

JUNIOR BARRANQUILLA-COL X SPORT

Local: Estádio Metropolitano, Barranquilla (Colômbia)

Data: 2 de novembro de 2017, quinta-feira

Horário: 22h45 (de Brasília)

Árbitro: Daniel Fedorczuk (URU)

Assistentes: Mauricio Espinosa (URU) e Miguel Nievas (URU)

JUNIOR BARRANQUILLA-COL: Sebastián Viera; David Murillo, Jonathan Ávila, Rafael Pérez e Germán Gutiérrez; Pico, Cantillo, Yimmi Chará, Yony González e Ovelar; Téo Gutiérrez

Técnico: Julio Comesaña

SPORT: Magrão; Samuel Xavier, Henríquez, Durval e Sander; Anselmo, Patrick e Thomás; Mena, Rogério e Juninho

Técnico: Daniel Paulista

Gazeta Esportiva

TAGS