PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Rebaixado, Santa Cruz faz cinco no Juventude em despedida da Série B

Em clima de amistoso, o Santa Cruz se despediu da Série B com uma vitória por 5 a 2 contra o Juventude, no estádio do Arruda. Os gols da partida foram marcados por Anderson Salles, Wiliam Barbio (duas vezes), Marcílio e Halef Pitbull, para o tricolor, e por Mateus Santana e Felipe Lima, para o [?]

21:00 | 21/11/2017

Em clima de amistoso, o Santa Cruz se despediu da Série B com uma vitória por 5 a 2 contra o Juventude, no estádio do Arruda. Os gols da partida foram marcados por Anderson Salles, Wiliam Barbio (duas vezes), Marcílio e Halef Pitbull, para o tricolor, e por Mateus Santana e Felipe Lima, para o alviverde. O duelo entre as duas equipes abriu a última rodada do torneio.

O Santa Cruz voltou a vencer após 13 partidas sem saber o que é vitória (sete empates e seis derrotas) e estava há mais de dois meses sem conquistar três pontos. Rebaixado para a Série C, o time pernambucano terminou a competição conquistando apenas 37 pontos e 32,5% de aproveitamento. Na 18ª posição, o time pernambucano pode ser ultrapassado pelo ABC no término da rodada. A equipe de Natal enfrenta o Ceará, no estádio Castelão, no sábado.

O Juventude encerra a Série B, com 51 pontos, na 8ª colocação. Contudo, o time gaúcho pode perder três posições: para Boa Esporte, Paysandu e Brasil de Pelotas ou Criciúma (estes dois últimos se enfrentam na sexta-feira, no estádio Bento Freitas).

O técnico do Santa Cruz, Adriano Teixeira, voltou a dar oportunidades para a garotada da base. No lado gaúcho, o Juventude poupou muitos titulares e entrou em campo com uma equipe bem modificada.

O JOGO

O duelo começou com as duas equipes se estudando bastante. Em algumas oportunidades, os jogadores encontravam espaços no campo para chegar até a área adversária, mas falhavam no último passe ou no momento da conclusão ao gol. O jogo passava dos 20 minutos e nenhum time havia concluído ao gol. Em campo, os jogadores demonstravam muito disposição, mas pouca inspiração.

Em um bom momento do Santa Cruz, o time chegou forte pela direita. Após cruzamento, o goleiro Raul saiu mal da meta e a bola sobrou para Pitbull marcar, contudo, o atacante acabou dominando a redonda com o braço.

Em contra-ataque rápido do Juventude, o atacante Ramon foi acionado na esquerda de ataque. O jogador entrou na área, mas quando concluiu à meta, o zagueiro Anderson Salles apareceu dando um carrinho e salvando o tricolor pernambucano.

Aos 28 minutos, o Juventude perdeu uma grande chance de abrir o marcador. Em ataque pela esquerda, João Paulo cruzou para Wesley Natã. O jogador dominou com a direita e finalizou com a esquerda. Porém, o chute foi para fora.

O Santa Cruz respondeu aos 31 minutos. Em ataque pela direita, João Paulo entra na área e tenta o passe, mas a defesa alviverde afasta. A bola volta para o atacante que enfrenta a marcação e chuta cruzado. O goleiro Raul consegue fazer boa defesa, salvando o Juventude.

Aos 38 minutos, João Paulo avançou pela esquerda, invadiu a área, passou pelo marcador e cruzou. O goleiro Raul saltou para defender, mas a bola bateu no braço dele e quase entrou na própria meta, porém saiu para escanteio.

O Santa Cruz marcou o primeiro da partida aos 39 minutos. Após cobrança de escanteio, Wiliam Barbio finalizou, o goleiro Raul falhou e espalmou para frente. A bola ficou viva dentro da pequena área. Depois de um bate-rebate, o zagueiro Anderson Salles apareceu para abrir o placar no estádio do Arruda.

Quatro minutos depois, o Santa fez o segundo. O atacante Wiliam Barbio foi lançado pelo meio, tocou para Ananias, que entrava livre pela direita, e devolveu para Barbio no meio da área. O atacante do time pernambucano pegou de primeiro e ampliou o marcador.

SEGUNDO TEMPO

Os dois times retornaram do vestiário para o gramado do estádio do Arruda sem modificações.

Logo aos 5 minutos, o Juventude descontou o placar. Após cobrança de falta pela esquerda de ataque, o lateral Bruno Collaço ergueu na área e o volante Mateus Santana desviou no meio do caminho e colocou a bola no fundo das redes.

O Santa Cruz ampliou o placar aos 11 minutos. Após jogada individual, o volante Marcílio ficou na frente da área e arriscou um chute forte rasteiro de canhota. A bola balançou as redes novamente no Arruda.

Dois minutos depois, o Santa Cruz chegou ao quarto gol. Em ataque pela direita, o volante Thiago Primão cruzou para Halef Pitbull, de canhota, empurrar para o fundo da meta. Na comemoração, o atacante se emocionou.

Aos 21 minutos, em bela jogada de Thiago Primão, o volante tentou acionar o atacante Pitbull, mas a zaga cortou. A bola sobrou novamente para Primão que, cara-a-cara com o goleiro Raul, chutou a redonda na trave.

O quinto gol do Santa Cruz foi aos 23 minutos. Em ótimo lançamento para o atacante Wiliam Barbio pela direita, o jogador invadiu e tocou na saída do arqueiro Raul. A redonda ainda tocou no goleiro, mas foi parar no fundo do gol.

Só dava Santa Cruz. Um minuto depois do quinto gol, em ataque pela direita, João Paulo viu Walber entrando livre na outra ponta da área e cruzou na cabeça do lateral, mas a bola bateu na rede pelo lado de fora. Neste momento, os poucos torcedores presentes no Arruda já gritavam ?olé? na arquibancada.

O Juventude teve uma grande oportunidade de descontar o marcador. Após cobrança de falta pela direita, o lateral Bruno Collaço ergueu a redonda na área e o atacante João Paulo apareceu para cabecear com força. A bola passou rente a trave e saiu para tiro de meta.

Aos 35 minutos, o lateral Vítor entrou na partida no lugar de Nilinho. O jogador disputou apenas a primeira partida da Série B contra o Criciúma, no estádio Heriberto Hulse, por 2 a 1. Um dos gols do jogo foi de Vítor, mas durante o duelo, ele acabou fraturando a tíbia em dividida com o volante Ricardinho. Devido à lesão, o lateral ficou afastado durante todo o ano. Ao entrar em campo, muitos torcedores aplaudiram o jogador e recebeu a braçadeira de capitão do zagueiro Anderson Salles.

O Juventude marcou o segundo gol aos 43 minutos. Após cobrança de escanteio, a zaga do tricolor afastou para a entrada da área e sobrou para Felipe Lima, que finalizou cruzado de canhota, para descontar.

Antes do apito final, Thiago Primão cobrou falta e o goleiro Raul evitou o sexto tento adversário.

FICHA TÉCNICA

SANTA CRUZ-PE 5 X 2 JUVENTUDE

Local: Estádio do Arruda, em Recife (PE)

Data: 21 de novembro de 2017, terça-feira

Horário: 20h (de Brasília)

Árbitro: Paulo Henrique de Melo Salmazio (MS)

Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Leandro dos Santos Ruberdo (MS)

Público: 1.502

GOLS

Santa Cruz-PE: Anderson Salles e Wiliam Barbio, aos 39 e 43 minutos do primeiro tempo; Marcílio, Halef Pitbull e Wiliam Barbio, aos 11, 13 e 23 minutos do segundo tempo

Juventude: Mateus Santana, aos cinco minutos do segundo tempo; Felipe Lima, aos 43 minutos do segundo tempo

SANTA CRUZ-PE: Jacsson; Nininho (Vitor), Bruno Silva, Anderson Salles e Yuri (Walber); João Ananias, Marcílio (Lucas Gomes) e Thiago Primão; João Paulo, Halef Pitbull e William Barbio.

Técnico: Adriano Teixeira

JUVENTUDE: Raul, Bruninho (Wallacer), Micael, Mauricio e Bruno Colaço; Mateus Santana, Vacaria (Yago), Juninho, Wesley Natã (Felipe Lima) e Ramon; João Paulo.

Técnico: Antônio Carlos Zago

Gazeta Esportiva

TAGS