PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Presidente do Campeonato Espanhol cogita denunciar PSG à União Europeia

Nesta terça-feira, o presidente do Campeonato Espanhol Javier Tebas admitiu a possibilidade de acionar a Direção Geral de Competência da União Europeia contra o Paris Saint-Germain. Isso ocorreria caso a Uefa não tome as devidas providências diante da ?distorção de mercado? causada pelo clube francês na compra de Neymar, junto ao Barcelona. A entidade maior [?]

11:30 | 29/11/2017

Nesta terça-feira, o presidente do Campeonato Espanhol Javier Tebas admitiu a possibilidade de acionar a Direção Geral de Competência da União Europeia contra o Paris Saint-Germain. Isso ocorreria caso a Uefa não tome as devidas providências diante da ?distorção de mercado? causada pelo clube francês na compra de Neymar, junto ao Barcelona. A entidade maior do futebol europeu teria até o final do ano para se movimentar a respeito da questão.

Segundo Tebas, que assegura já ter as demandas preparadas para serem apresentadas à UE, o PSG ?injeta no futebol um dinheiro que não pertence ao setor, gerando uma inflação muito prejudicial ao mercado de transferências?, apontou. ?É impossível contratar Neymar com dinheiro da venda de ingressos?, completou, em referência ao patrocínio do fundo de investimentos de posse do sheik Nasser Al-Khelaifi, membro da família real do Qatar e presidente do clube de Paris. A venda do brasileiro foi avaliada em 222 milhões de euros (cerca de R$ 842 milhões), se tornando, de longe, a mais cara da história do futebol.

Pelo manifestado pela Uefa, as contas do time francês só devem ser examinadas ao final da temporada, na metade do ano que vem. No entanto, alegando que o mercado inflacionado prejudica em muito os clubes que pretendem competir com o Paris Saint-Germain, o presidente da LFP (Liga de Fútbol Profesional), pede que o processo seja acelerado. Caso contrário, promete tomar medidas drásticas.

 

Gazeta Esportiva

TAGS