PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Pratto revela problema na perna e não garante ficar no São Paulo

Se um jogador teve chance para tirar o zero do placar no duelo entre São Paulo e Botafogo, este foi Lucas Pratto. Na etapa final do duelo disputado no Pacaembu, o argentino recebeu ótimo passe de Edimar, mas acabou acertando a trave ao ficar cara a cara com Gatito. Já são seis jogos sem marcar [?]

07:30 | 20/11/2017

Se um jogador teve chance para tirar o zero do placar no duelo entre São Paulo e Botafogo, este foi Lucas Pratto. Na etapa final do duelo disputado no Pacaembu, o argentino recebeu ótimo passe de Edimar, mas acabou acertando a trave ao ficar cara a cara com Gatito. Já são seis jogos sem marcar um gol. Mas, não é o jejum que incomoda o atacante, e sim as dores na perna que têm limitado seu desempenho em campo nos últimos jogos.

?Todo mundo sabe que tanto Petros em alguns momentos, Militão em outros, estiveram machucados e jogaram. Eu estou passando por isso tem mais ou menos um mês. Minha perna não está legal e eu só estou conversando com você porque conversei agora com a comissão técnica e com o departamento médico. Com o objetivo alcançado, essa semana eu não vou treinar, vou fazer exames. Não consigo chutar forte a bola, acho que é o momento de descansar?, avisou Pratto, sem usar sua condição física como desculpa pela falha no momento decisivo diante do Botafogo.

?O lance eu errei porque eu errei. Eu tentei tirar a bola do goleiro, poderia ter finalizado de outra maneira, achei que era melhor escolha, pegou na trave. Eu estou tendo poucas ocasiões de gols, fico mais bravo por ter poucas chances. Às vezes eu erro, às vezes eu faço? É o futebol. O importante é saber que nós conseguimos cumprir um objetivo e agora alguns jogadores com problemas físicos precisam de uma parada?, reforçou.

Apesar do Tricolor do Morumbi ainda sonhar com uma possível vaga na próxima Libertadores da América, Pratto não se furtou de projetar a temporada de 2018 e evitou garantir sua permanência. Apesar de ter contrato com o clube paulista até 2020 e se mostrar comprometido, o argentino recebeu sondagens de Boca Juniors e River Plate recentemente e admitiu ter se sentido ?orgulhoso? com a situação.

Cueva joga, mas São Paulo só empata com o Botafogo no Pacaembu

Depois de turno inteiro pendurado, Petros leva cartão e se revolta

Misterioso sobre Cueva, Dorival avisa: ?Ninguém passou a mão na cabeça?

?Tenho contrato com o São Paulo. Agora, você tem que perguntar para o presidente. Se Leco não me quiser mais??, comentou o jogador. ?Eu estou bem, feliz, sofri muito esse ano e não quero deixar essa imagem cinza minha e de todo time. Falei no vestiário agora que em 2018, para nós que sofremos tanto, tem que ser de conquistas. E se não conseguirmos, temos de deixar o São Paulo onde ele merece, nas primeiras posições?.

Se ficar, Lucas Pratto ao menos espera que a diretoria tricolor consiga montar uma equipe que tenha condições de brigar por objetivos mais ambiciosos do que simplesmente lutar contra o rebaixamento. Para isso, o ex-capitão do elenco até a chegada de Hernanes já fez sua cobrança para que os dirigentes comecem a trabalhar desde já.

?Eu penso que é uma besteira isso de que um time grande precise cair para se reestruturar. A diretoria sabe que a restruturação tem que ser agora em dezembro, janeiro, fevereiro, antes que comecem os campeonatos?, concluiu.

 

Gazeta Esportiva

TAGS