PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Libertad vence com gol polêmico e larga na frente do Independiente

Um gol polêmico, marcado com menos de um minuto de jogo, definiu a vitória do Libertad sobre o Independiente no jogo de ida das semifinais da Copa Sul-Americana. Para os jogadores do time argentino, o atacante Óscar Cardozo (que seria expulso no segundo tempo) dominou a bola com o braço antes de fazer 1 a [?]

23:15 | 21/11/2017

Um gol polêmico, marcado com menos de um minuto de jogo, definiu a vitória do Libertad sobre o Independiente no jogo de ida das semifinais da Copa Sul-Americana. Para os jogadores do time argentino, o atacante Óscar Cardozo (que seria expulso no segundo tempo) dominou a bola com o braço antes de fazer 1 a 0 para a equipe paraguaia na noite desta terça-feira, no Defensores del Chaco.

Na expectativa de abrir vantagem para o confronto de volta, o Libertad não demorou a inaugurar o marcador. Bastaram 29 segundos para Óscar Cardozo ser lançado e aproveitar um vacilo da marcação do Independiente para colocar a bola na rede. Enquanto o atacante comemorava, o time argentino reclamava de um domínio com o braço, não visto pelo árbitro peruano Victor Carrillo.

Apesar dos protestos, que perduraram até o intervalo, o Independiente não se perdeu em campo e passou a ameaçar o gol defendido por Muñoz ? com direito a uma bicicleta de Sánchez Miño no princípio do segundo tempo.

Aos 28 minutos, Óscar Cardozo colaborou com as esperanças do Independiente ao se desentender com Franco fora de campo e agredir o oponente. O árbitro não hesitou em expulsar o autor do gol do Libertad.

Com um jogador a mais, o Independiente se lançou ao ataque em busca do gol do empate. Não adiantou. Com uma boa atuação, o goleiro Muñoz assegurou o resultado positivo do Libertad.

O reencontro entre paraguaios e argentinos está marcado para a noite da próxima terça-feira, em Avellaneda. Nesta quinta-feira, no Maracanã, o Flamengo iniciará a disputa da outra semifinal contra o colombiano Junior Barranquilla.

FICHA TÉCNICA

LIBERTAD 1 X 0 INDEPENDIENTE

Local: Estádio Defensores del Chaco, em Assunção (Paraguai)

Data: 21 de novembro de 2017, terça-feira

Horário: 22h15 (de Brasília)

Árbitro: Victor Carillo (Peru)

Assistentes: Aitor Garcia (Peru) e Daniel Rubiol (Peru)

Cartões amarelos: Óscar Cardozo (Libertad); Barco, Leandro Fernández e Benítez (Independiente)

Cartão vermelho: Óscar Cardozo (Libertad)

Gol: LIBERTAD: Óscar Cardozo, aos 29 segundos do primeiro tempo

LIBERTAD: Muñoz; Luis Cardozo, Alcaraz, Paulo da Silva e Candia; Aquino, Bareiro (Benítez), Medina (Orué) e Lucena; Salcedo (Recalde) e Óscar Cardozo

Técnico: Fernando Jubero

INDEPENDIENTE: Campaña; Bustos (Benítez), Franco, Tagliafico e Gastón Silva; Diego Rodríguez, Domingo, Meza, Barco e Sánchez Miño; Gigliotti (Leandro Fernández)

Técnico: Ariel Holan

Gazeta Esportiva

TAGS