PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Jogadores do Coxa exaltam ponto conquistado contra adversário direto

O Coritiba não conseguiu fazer a lição de casa e ficou no empate em 1 a 1 diante da Ponte Preta, no Couto Pereira, em duelo direto contra a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. O volante Alan Santos admite que não conquistar os três pontos foi frustrante, mas o jogo foi duro, com a [?]

20:30 | 12/11/2017

O Coritiba não conseguiu fazer a lição de casa e ficou no empate em 1 a 1 diante da Ponte Preta, no Couto Pereira, em duelo direto contra a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. O volante Alan Santos admite que não conquistar os três pontos foi frustrante, mas o jogo foi duro, com a Macaca saindo na frente em um confronto muito equilibrado no Alto da Glória, que fez valer a pena o ponto somado.

?Foi um jogo muito difícil, não foi o que a gente desejou que era a vitória para ampliar a distância e deixá-los para trás?, avaliou o jogador, que agora projeta outro confronto em casa, quinta-feira, diante do Flamengo.? Agora tem o Flamengo, que será outro jogo muito difícil. E sair com o êxito para gente se afastar da zona de rebaixamento?, acrescentou.

Para o atacante Getterson, é preciso neste momento somar pontos, dentro e fora de casa, já que com a briga acirrada na parte de baixo da classificação qualquer diferença pode ser fundamental ao término da última rodada. ?A gente conseguiu somar também contra o Fluminense, infelizmente não conseguimos a vitória. Mas, um ponto está excelente para a colocação que nós estamos no campeonato?, disse.

Já o atacante Rildo quer aproveitar o curto tempo entre as partidas para trabalhar forte e entrar em campo buscando o triunfo contra o Rubro-Negro. ?Sabíamos que seria um jogo difícil, um concorrente direto e agora é procurar fazer um grande jogo na quinta-feira e somar pontos. A Ponte também não chega perto de nós, caso tivéssemos perdido. Agora é trabalhar nesses quatro dias?, concluiu.

Gazeta Esportiva

TAGS