PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Guardiola reforça disputa entre Aguero e Jesus: ?É difícil escolher um?

A campanha excepcional do Manchester City no Campeonato Inglês e o futebol apresentado neste início de temporada colocaram em segundo plano uma questão que antes parecia prioritária dos torcedores, da imprensa e do próprio Pep Guardiola sobre a possibilidade de Aguero e Gabriel Jesus jogarem juntos. Os dois dificilmente entram em campo como titulares lado [?]

13:00 | 20/11/2017

A campanha excepcional do Manchester City no Campeonato Inglês e o futebol apresentado neste início de temporada colocaram em segundo plano uma questão que antes parecia prioritária dos torcedores, da imprensa e do próprio Pep Guardiola sobre a possibilidade de Aguero e Gabriel Jesus jogarem juntos. Os dois dificilmente entram em campo como titulares lado a lado e essa questão foi retomada na coletiva do comandante, antes da partida contra o Feyenoord pela Liga dos Campeões.

?Os dois estão em plena forma e escolher apenas um para jogar no ataque é uma das minhas decisões mais difíceis. Temos muitos jogos ao longo de uma temporada e eles terão as chances de fazer o que sabem, seja saindo do banco ou entrando como titular?, disse Guardiola.

A justificativa para a incongruência que não deixa os dois jogarem juntos também foi especificada pelo treinador e tem a ver com o lateral francês Benjamin Mendy, que se machucou e segue com status indefinido para esta temporada. ?Aguero e Gabriel jogaram juntos enquanto tínhamos o Mendy. Com ele em campo era possível fazer essa função de lado de campo, com infiltração, mais aberto. Agora que ele está machucado está bem mais complicado desempenhar isso?, explicou o treinador espanhol.

A entrevista coletiva foi também de lamentações, principalmente pela contusão do zagueiro John Stones na partida contra o Leicester. O defensor saiu ainda no primeiro tempo com uma lesão que deve tirá-lo dos gramados entre quatro e seis semanas. Guardiola afirmou que espera o atleta apenas para 2018, mas torce para vê-lo em campo o quanto antes. ?Ele estará em recuperação da lesão e isso deve durar umas seis semanas. Minha expectativa realista é poder contar com o John Stones a partir de janeiro?, comentou o técnico do City.

O time deve ter mudanças em relação ao considerado ideal. Com a vaga no mata-mata garantida, Guardiola deve promover testes e uma jovem promessa pode aparecer em campo. Trata-se de Phil Foden, melhor jogador do Mundial Sub-17. ?Temos o Phil e outros atletas treinando conosco desde o início da temporada. Por isso podem jogar, sem dúvida?, finalizou Pep Guardiola.

Gazeta Esportiva

TAGS