PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Fabrício quer Furacão fazendo sua parte para seguir sonhado com Libertadores

O Atlético Paranaense voltou a vencer no Campeonato Brasileiro ao bater o Vasco da Gama por 3 a 1, mantendo a equipe na busca por seus objetivos na reta final da competição. O último gol rubro-negro foi marcado pelo lateral-esquerdo Fabrício, que desviou de cabeça para estufar as redes e sair meio sem jeito para [?]

18:30 | 20/11/2017

O Atlético Paranaense voltou a vencer no Campeonato Brasileiro ao bater o Vasco da Gama por 3 a 1, mantendo a equipe na busca por seus objetivos na reta final da competição. O último gol rubro-negro foi marcado pelo lateral-esquerdo Fabrício, que desviou de cabeça para estufar as redes e sair meio sem jeito para comemorar.

?Fazia tanto tempo que não fazia um gol que não tive nem reação, só quis agradecer à Deus, a minha família e a minha esposa?, contou o jogador, que no lance anterior havia sido vaiado pela torcida. ?O ocorrido ali foi um contra-ataque nosso. A bola saiu para lateral. O culpado fui eu de bater errado e a torcida chiou um pouco. E eu pedi para chiar depois do jogo, para apoiar o time para que fizéssemos o gol?, acrescentou.

O lateral rubro-negro acredita que, diferentemente de rodadas anteriores, desta vez o resultado refletiu a boa apresentação da equipe em campo. ?Muito bom ganhar. Às vezes se joga bem e não ganha o jogo, como foi contra o Corinthians e contra o Coritiba. Hoje, jogamos bem e ganhamos. O ambiente fica tranquilo?, avaliou.

Com a entrada no G7 muito difícil, para Fabrício restou somar todos os pontos nas últimas duas rodadas e torcer para que surja um G8 e, quem sabe, um G9 para garantir a vaga na Libertadores da América. ?Sabemos que o G7 ficou um pouco distante. Temos que fazer nossa parte, primeiramente, e torcer um pouco também?, finalizou.

Gazeta Esportiva

TAGS