PUBLICIDADE
Futebol

Evra é suspenso por sete meses pela Uefa e rescinde com Marselha

O lateral-esquerdo Patrice Evra foi suspenso pela Uefa nesta sexta-feira devido ao chute desferido a um torcedor do Olympique de Marselha. A entidade europeia de futebol divulgou a punição de sete meses, até o dia 30 de junho de 2018, sem poder atuar em competições europeias. O jogador também será obrigado a arcar com uma [?]

15:30 | 10/11/2017

O lateral-esquerdo Patrice Evra foi suspenso pela Uefa nesta sexta-feira devido ao chute desferido a um torcedor do Olympique de Marselha. A entidade europeia de futebol divulgou a punição de sete meses, até o dia 30 de junho de 2018, sem poder atuar em competições europeias. O jogador também será obrigado a arcar com uma multa de 10 mil euros (R$ 37,9 mil).

Poucos minutos após a divulgação da suspensão do atleta francês, o Olympique de Marselha publicou em seu site um comunicado informando a rescisão contratual do jogador de 36 anos. Na nota, o clube confirma que a rescisão foi feita em comum acordo do clube e o jogador e enaltece a passagem do lateral na equipe e nomeia o ocorrido como um erro irreparável.

?Desde janeiro de 2017, Patrice Evra tem sido exemplar dentro e fora do vestiário. Ele teve um papel importante no renascimento do time, na melhora dos resultados e para reviver a ambição esportiva. No último dia 2 de novembro, em Guimarães, ele cometeu o irreparável erro de responder a provocações sem valor de alguns indivíduos. Contudo, nada justifica uma reação desta forma, especialmente de um jogador profissional e experiente, cuja atitude dentro e fora de campo deve inspirar os mais jovens?, publicou.

O caso aconteceu no último dia 2 de novembro, durante o aquecimento anterior ao duelo entre o clube francês e o Vitória de Guimarães, válido pela Liga Europa. Evra reagiu a insultos feitos por torcedores de sua própria equipe que estavam atrás das placas de publicidade atrás do gol com um chute na altura do rosto do fanático.

Gazeta Esportiva

TAGS