PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Em jogo fraco, Jorginho coloca o Napoli novamente na liderança

Neste domingo, o Napoli não teve atuação brilhante, mas fez o suficiente para bater a Udinese por 1 a 0 fora de casa, no Estádio Friulli, pela rodada de número 14 do Campeonato Italiano. Com o resultado, o time napolitano recupera a liderança isolada da competição, que estava provisoriamente ocupada pela Inter de Milão, segunda [?]

13:15 | 26/11/2017

Neste domingo, o Napoli não teve atuação brilhante, mas fez o suficiente para bater a Udinese por 1 a 0 fora de casa, no Estádio Friulli, pela rodada de número 14 do Campeonato Italiano. Com o resultado, o time napolitano recupera a liderança isolada da competição, que estava provisoriamente ocupada pela Inter de Milão, segunda colocada. O gol do jogo foi marcado pelo volante Jorginho.

O triunfo é importante para que o time chegue com moral na próxima rodada, quando enfrentará a Juventus em confronto direto no Estádio San Paolo. Na terceira posição, a Velha Senhora possui quatro pontos a menos que os líderes. Já a Udinese continua com os mesmos 12 pontos ganhos, na parte de baixo da tabela. O time de Udine está na 14 posição, com apenas 12 pontos, e enfrenta o Crotone no próximo final de semana.

O jogo ? Como era de se esperar, mesmo jogando fora de casa, foi o Napoli que tomou a iniciativa de jogo. Com a agressividade característica de seus jogadores de ataque, o time procurou o gol desde o início. Porém, diante de uma Udinese dedicada à marcação, foram poucas as chances claras de gol.

A melhor oportunidade surgiu aos 33 minutos, quando Maggio invadiu a área, sofreu o toque de Angella e desabou. O árbitro imediatamente soprou o apito, marcando a penalidade. O brasileiro Jorginho foi para a cobrança e desperdiçou. No entanto, o volante aproveitou o rebote dado pelo goleiro Scuffet e empurrou para dentro do gol.

O segundo tempo se desenhou de maneira muito parecida. O Napoli não conseguir transformar a velocidade de seu jogo e a qualidade na posse de bola em mais gols. De maneira geral, a partida foi pegada, mas carente de oportunidades claras e criatividade para chegar ao gol. A Udinese não levou perigo algum à meta defendida por Pepe Reina, possibilitando que os visitantes administrassem o triunfo até o apito final.

Gazeta Esportiva

TAGS