PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Dorival diz que usou erro do juiz para São Paulo buscar a virada

O erro da arbitragem liderada por Anderson Daronco foi utilizado para motivar os jogadores do São Paulo a buscarem a virada que acabou se concretizando sobre o Coritiba, por 2 a 1, na tarde deste domingo, no Estádio Couto Pereira. Ao menos foi o que garantiu o técnico Dorival Júnior, durante entrevista coletiva concedida após a [?]

19:30 | 26/11/2017

O erro da arbitragem liderada por Anderson Daronco foi utilizado para motivar os jogadores do São Paulo a buscarem a virada que acabou se concretizando sobre o Coritiba, por 2 a 1, na tarde deste domingo, no Estádio Couto Pereira. Ao menos foi o que garantiu o técnico Dorival Júnior, durante entrevista coletiva concedida após a partida válida pela 37ª e penúltima rodada do Campeonato Brasileiro.

O São Paulo foi para o segundo tempo perdendo por 1 a 0, após Daronco assinalar pênalti inexistente, auxiliado pelo adicional Eleno Todeschini, que viu Edimar tocar a bola com a mão, sendo que quem cometeu a infração foi Tiago Real, do Coritiba. Dorival disse ter usado o erro para estimular seus comandados durante o intervalo do duelo.

?Além das correções, que foram poucas, o principal ponto da conversa foi o seguinte: ?Vamos levar o erro da arbitragem como uma muleta ou vamos mostrar força??. A equipe teve paciência, criou boas oportunidades e alcançamos uma recuperação merecida em relação ao que foi apresentado?, contou Dorival.

Sem contar com Petros, suspenso, e os machucados Lucas Pratto e Hernanes, Dorival Júnior mandou a campo três jovens atletas revelados em Cotia: Araruna, Brenner e Shaylon. Este último, inclusive, deu as assistências para Éder Militão e Matheus Galdezani (contra) marcarem os gols do triunfo tricolor na etapa complementar.

?Acho que foi uma grande recuperação e, mesmo com os garotos entrando, sentimos que esses meninos colaboraram para uma evolução. Isso é muito importante?, bradou o treinador são-paulino, que ainda atribuiu à torcida tricolor a reação da equipe na competição nacional.

?Os torcedores sempre participaram, foram muito ativos e contribuíram demais na recuperação da equipe. Fico feliz de poder ter contribuído nesse processo de recuperação, tivemos hoje vários jogadores sem condições de atuar, e de repente a equipe faz uma grande partida, repetindo tudo o que vem sendo trainado?, ressaltou, antes de elogiar o desempenho do time nesta reta final de temporada.

?A gente sente que o São Paulo ganha em consistência, maneira de jogar, independentemente de quem entra no time. É um passo para a evolução alcançado neste ano que esperamos carregar para 2018?, concluiu.

Gazeta Esportiva

TAGS