PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Com intuito de ir à Copa, Trapp admite possibilidade de deixar o PSG

Kevin Trapp foi titular no gol da Alemanha no amistoso desta terça-feira, contra a França. Algo que não tem acontecido no Paris Saint-Germain, clube que defende desde 2015. Na coletiva pós-jogo, o atleta admitiu a preocupação com as chances de ir à Copa do Mundo com seu país serem atrapalhadas pelos poucos minutos que tem [?]

12:45 | 15/11/2017

Kevin Trapp foi titular no gol da Alemanha no amistoso desta terça-feira, contra a França. Algo que não tem acontecido no Paris Saint-Germain, clube que defende desde 2015. Na coletiva pós-jogo, o atleta admitiu a preocupação com as chances de ir à Copa do Mundo com seu país serem atrapalhadas pelos poucos minutos que tem jogado pelo clube, deixando em aberto a possibilidade de deixar o Parque dos Príncipes na metade da temporada.

?No que diz respeito ao mundial, eu absolutamente tenho que estar jogando. Eu não sei se vou jogar pelo PSG nas copas da França, não falamos sobre isso ainda. Se eu não for jogar, eu preciso pensar?, disse. ?Eu preciso jogar porque o técnico da seleção tem insistido que preciso estar atuando pelo meu clube. Eu tenho que perguntar a mim mesmo, refletir e falar com o clube. Tenho cinco anos de contrato e minha cabeça está no PSG?, completou.

Na temporada atual, Trapp tem sido reserva do francês Alphonse Aréola no time comandado por Unai Emery. Mesmo convocado por Joachim Low para a Copa do Mundo do ano que vem, ele não deve ser nada além do que a terceira opção para proteger o gol da Alemanha. O arqueiro estaria em disputa com Bernd Leno, do Bayer Leverkusen, pela terceira vaga, atrás de Marc Ter Stegen, do Barcelona, e do favorito à titularidade Manuel Neuer, do Bayern de Munique.

Gazeta Esportiva

TAGS