Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Argentina abre 2 a 0, mas leva quatro e é derrotada para a Nigéria

A seleção argentina confirmou sua vaga na próxima Copa do Mundo, porém ainda segue sem encantar o seu torcedor. Sem poder contar com Messi, poupado, a Albiceleste acabou derrotada por 4 a 2 para a Nigéria, que também está garantida no torneio do ano que vem, em amistoso realizado no Estádio Krasnodar, na Rússia, após abrir 2 [?]
15:45 | Nov. 14, 2017
Autor -
Foto do autor
- Autor
Tipo Notícia

A seleção argentina confirmou sua vaga na próxima Copa do Mundo, porém ainda segue sem encantar o seu torcedor. Sem poder contar com Messi, poupado, a Albiceleste acabou derrotada por 4 a 2 para a Nigéria, que também está garantida no torneio do ano que vem, em amistoso realizado no Estádio Krasnodar, na Rússia, após abrir 2 a 0 no marcador.

O resultado faz com que o trabalho de Jorge Sampaoli a frente da equipe volte a ser questionado, principalmente pelo fato da dependência de Messi. Vale lembrar que o craque do Barcelona anotou os três gols da vitória da Argentina sobre o Equador, que garantiu a seleção na próxima Copa do Mundo.

Apesar do resultado, o início de partida da equipe de Sampaoli foi positivo. Jogando num esquema ofensivo, os jogadores pressionavam os africanos sem a posse de bola e mostravam boas trocas de passes em seu meio de campo.

Aos 27 minutos, Éver Banega foi inteligente e percebeu o mau posicionamento do goleiro de falta para abrir o placar com uma cobrança de falta. Dez minutos mais tarde, Banega fez um lindo lançamento para Pavón na ponta direita da área. O jogador não foi fominha e encontrou Aguero dentro da pequena área para ampliar a vantagem.

A reação nigeriana começou ainda no primeiro tempo. Aos 44 minutos, Iheanacho acertou uma bela cobrança de falta no ângulo para diminuir o placar ainda antes do intervalo. Após a pausa, a seleção de Jorge Sampaoli perdeu sua força no meio de campo e a defesa voltou a apresentar graves falhas de posicionamento.

Se aproveitando do mal momento argentino, o jovem atacante Iwobi, que veste a camisa do Arsenal, empatou o duelo logo aos seis minutos da segunda etapa com um chute rasteiro da entrada da área. Mal deu tempo de absorver o empate, a Argentina viu a Nigéria virando o placar com Idowu finalizando uma rápida jogada ofensiva.

Após a virada, a Albiceleste partiu ao ataque em busca do seu gol de empate. Porém deixou muito espaço em sua defesa e possibilitou ao adversário o uso dos contra-ataques. Aos 27 minutos, Musa recebeu livre na pona direita e esperou a aproximação de Iwobi. O atacante de 21 deu um lindo drible em Mascherano antes de anotar o seu segundo gol na partida e o quarto da seleção Nigeriana.

Confira o resultado de outros amistosos internacionais desta terça-feira:

Coréia do Sul 1 x 1 Sérvia

China 0 x 4 Colômbia

Gabão 0 x 0 Botswana

Qatar 1 x 1 Islândia

Gazeta Esportiva

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Senado aprova PL que incentiva regularização de dívidas tributárias

Política
23:04 | Ago. 05, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Senado aprovou nesta quinta-feira (5) projeto que altera o Programa Especial de Regularização Tributária (Pert). O texto estabelece novos prazos e condições para pagamento de débitos com a União. A matéria segue para análise da Câmara dos Deputados.

De autoria do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), o texto teve como relator o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE). A matéria prevê a possibilidade de nova adesão ao Pert dos contribuintes que tenham sido excluídos do programa por falta de pagamento de tributos vencidos após 30 de abril de 2017 ou do cumprimento regular das obrigações com o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

O projeto reabre o prazo para adesão ao Programa Especial de Regularização Tributária (Pert), lançado em 2017, com novas regras. Com a proposta, interessados terão até 30 de setembro de 2021 para aderir ao programa.

Ao justificar a proposta, Rodrigo Pacheco argumentou que a pandemia de covid-19 agravou ainda mais a crise iniciada em 2015, com prejuízo à capacidade das empresas de pagarem seus débitos com a Receita Federal e a Procuradoria Geral da Fazenda Nacional diante das medidas restritivas à atividade econômica decretadas pelo Poder Público. Segundo o congressista, esse cenário impôs ao Congresso Nacional a aprovação de diversas medidas para salvar as pessoas e a economia, com forte impacto nas contas públicas.

Pessoas físicas

Para pessoas físicas, o projeto prevê que, nos casos em que o devedor teve redução de rendimentos tributáveis, um percentual de entrada de 2,5% do total da dívida e descontos de 90% nos juros e multas e 100% nos encargos fiscais. Essa redução deve ser igual ou superior a 15%, na comparação entre os anos de 2019 e 2020. A pessoa que não teve redução nos rendimentos terá de pagar entrada de, pelo menos, 5% do valor da dívida e terá descontos menores.

“De um lado, o objetivo é que o Pert reaberto seja disponibilizado às pessoas físicas e às pessoas jurídicas de direito privado, tendo em vista os impactos que suportaram e ainda vêm suportando em razão da pandemia da covid-19. De outro lado, é preciso que a abrangência do programa seja ajustada para alcançar débitos vencidos até o último dia do mês imediatamente anterior à entrada em vigor da lei em que se converter o PL, com vistas a funcionar, de modo efetivo, como mecanismo de salvaguarda das pessoas e empresas atingidas pelas consequências econômicas nefastas da pandemia”, explicou Bezerra Coelho.

Economia

Segundo o relator, aderiram ao Pert, popularmente chamado de Refis, lançado em 2017, mais de 740 mil contribuintes, dos quais 443 mil são pessoas jurídicas. Estima-se que a arrecadação extraordinária gerada pelo Pert, acumulada entre 2017 e 2020, seja de mais de R$ 63 bilhões.

“É inegável, portanto, que a reabertura do prazo de adesão ao programa irá injetar, em período curto, significativos recursos nos cofres públicos, decorrentes da adesão maciça dos devedores. Por isso, ao invés de renúncia de receitas, o Pert irá oportunizar aumento significativo da arrecadação imediata de recursos aos cofres públicos, cujos ingressos poderão ser utilizados para fazer frente às despesas exigidas para controle e mitigação dos efeitos da pandemia, inclusive sob a perspectiva econômica”, argumentou o relator Fernando Bezerra Coelho.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Tandara, do vôlei, é flagrada em antidoping e está fora das Olimpíadas

Jogos Olímpicos
23:04 | Ago. 05, 2021
Autor Gabriel Lopes
Foto do autor
Gabriel Lopes Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Brasil terá um grande desfalque na semifinal do vôlei feminino nas Olimpíadas de Tóquio, nesta sexta-feira, 6, às 9 horas (horário de Brasília), diante da Coreia do Sul. A oposta de 32 anos Tandara reprovou teste antidoping e está fora do restante dos Jogos Olímpicos.

De acordo com o Comitê Olímpico Brasileiro (COB), a atleta violou a regra antidopagem da Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD) em exame realizado no dia 7 de julho no centro de treinamento da CBV em Saquarema, no Rio de Janeiro.

A entidade não revelou qual substância foi utilizada pela jogadora, que retorna para o Brasil já nesta sexta.

Leia o comunicado oficial do COB sobre Tandara:

O Comitê Olímpico do Brasil recebeu nesta madrugada no Japão, através da Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD), a notificação quanto à suspensão provisória por potencial violação de regra antidopagem pela atleta Tandara Caixeta, da seleção feminina de voleibol. O teste foi realizado no período fora de competição no centro de treinamento da modalidade em Saquarema no dia 7 de julho. Tandara retornará ao Brasil.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Equipe da UFC impede ação de despejo que prejudicaria 250 pessoas em situação de rua

fortaleza
23:00 | Ago. 05, 2021
Autor Gabriela Almeida
Foto do autor
Gabriela Almeida Autor
Ver perfil do autor
Tipo Noticia

Francisco Santana da Silva, 53, atua desde 1987 como dirigente da Casa São Maximiliano Kolbe, situada no bairro Jacarecanga, em Fortaleza, onde presta assistência diária a cerca de 250 pessoas em situação de rua. Passando por dificuldades financeiras, o Irmão Francisco, como é conhecido, recebeu uma ação de despejo do imóvel que poderia acabar com o trabalho de décadas. Foi graças a uma equipe formada por alunos da Faculdade de Direito (Fadir) da Universidade Federal do Ceará (UFC) que isso não aconteceu.

A história por trás da ação de despejo teve inicio no começo de 2020. Isso porque, foi exatamente nessa época que a senhora que costumava doar o valor do aluguel do imóvel faleceu, vitimada pela Covid-19. Desempregado e sem assistência financeira, Francisco não teve mais condições de pagar pela moradia, onde diariamente, entre outras ações, serve café da manhã para centenas de pessoas em situação de rua.

Os responsáveis pela locação da casa entraram então com uma ação judicial, cerca de um ano depois, cobrando o valor total da pendência do aluguel que na época já passava de oito mil. No dia 13 de junho de 2021, veio a ordem judicial solicitando que Francisco saísse do imóvel de forma voluntária em apenas 15 dias. Esse foi o período que ameaçou a existência de um projeto de décadas.

"É o quadro da desigualdade social. Uns com muito, outros com pouco e assim a gente vivendo. Mas sigo aqui, com alegria. O que faz com que a gente lute é a gente ter esperança, ter fé. O melhor de tudo isso é a que a gente tem forças pra lutar, fazer com que essa desigualdade seja um pouco amenizada", desabafa o Irmão Francisco ao lembrar do período em que recebeu a decisão judicial.

O que ele não esperava é que a história fosse chegar até o conhecimento da professora Raquel Coelho, da disciplina Direito Constitucional II da Fadir, que levou o caso para sala de aula. Não foi preciso muito para que os alunos, que ainda estão no terceiro semestre do curso, decidissem ajudar o projeto. Eles estudaram a peça judicial e encontraram brechas que possibilitaram contestar a decisão.

"Nossos alunos não estão alheios aos problemas sociais. Ao contrário, a juventude que ingressa na faculdade de Direito de uma universidade pública, quer fazer a diferença, quer mudar, alinhar seus conhecimentos à luta por direitos daqueles que estão vulnerabilizados por várias situações de injustiças sociais", destacou a docente Raquel ao O POVO, sobre a participação dos alunos na iniciativa.

| LEIA MAIS | Uece e Fiocruz se tornam parceiras na produção de vacina e pesquisas em Saúde

Auxílio emergencial 2021: o que se sabe sobre o calendário de pagamento da 5ª parcela

Contando com apoio de advogados voluntários, a equipe entrou na Justiça e apresentou uma contestação à liminar de despejo - que foi aceita pela juíza titular da 11ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza. Na ocasião, a ordem foi suspensa pelo prazo de seis meses, com base na Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF 828), que proíbe ações de despejo de pessoas em vulnerabilidade.

"É a universidade a serviço da comunidade, dos que não tem nada, dos que têm o direto negado. É a universidade indo até as pessoas, indo até as pessoas que mais precisam, foi assim que senti", declarou o irmão Francisco, relatando o sentimento ao ser ajudado pela equipe.

Raquel Coelho (ao centro) e parte da equipe que atuou para evitar o despejo.
Raquel Coelho (ao centro) e parte da equipe que atuou para evitar o despejo. (Foto: Ribamar Neto / UFC Informa)

Apesar da alegria, que parece estar sempre presente em sua voz, Francisco ainda vive o drama de não ter a dívida perdoada e precisa juntar dinheiro para conseguir esse feito - sonhando também em ter uma casa própria para realizar as ações do projeto. Por essa razão, a equipe da UFC continua acompanhando caso, além de outras instituições prestarem apoio. Também está sendo realizado um financiamento coletivo para a compra de um imóvel (veja abaixo mais informações).

O testemunho por trás da história 

Quando a equipe do O POVO entrou em contato com Francisco, ele pediu para retornar em algumas horas, pois estava no Instituto Médico Legal (IML) realizando procedimentos necessários para a liberação do corpo de uma pessoa em situação de rua. Foi dessa forma, crua, que o homem mostrou, mesmo em poucas palavras, a entrega pelo trabalho humano que realiza há pelo menos duas décadas. 

A Casa São Maximiliano Kolbe faz parte da Associação Beneficente Padre Arturo Juncosa Carbonell (ABPAJC). Em 1987, Francisco passou a trabalhar no imóvel após sentir a necessidade de "testemunhar o evangelho de Jesus Cristo de Nazaré", como ele mesmo diz. Desde então, há mais de duas décadas ele tem realizado ações para auxiliar pessoas em situação de rua. Entre elas está a entrega diária de café da manhã para esse público, refeição que ele acorda de madrugada para preparar.

As ações, contudo, vão muito além de algo momentâneo. Junto a voluntários, Francisco acompanha as pessoas inseridas nesse tipo de situação oferecendo cuidados como levá-las para tirar documentos ou à comunidade terapêutica, fazendo ainda visitas àqueles que precisam ficam internados. Ao O POVO, o homem conta satisfeito que uma mulher, que há 11 anos está em situação de rua, vai finalmente rever a família que mora em outro estado graças ao acompanhamento realizado pelo projeto.

"Meu grande desafio todos os dias é tentar viver Jesus de Nazaré", reforça, destacando ainda que o objetivo maior do projeto é ajudar esse grupo a "construir uma história" para que "eles tenham um projeto de vida". São também doados roupas e materiais de higiene. Durante a campanha de vacinação contra Covid-19 para esse público em Fortaleza, o imóvel cedeu o espaço para profissionais realizarem a ação, dando ainda café da manhã e almoço para os contemplados.

Saiba como ajudar

O projeto não conta com apoio financeiro de instituições públicas e sobrevive de doações. A casa fica localizada na rua Carneiro da Cunha, 219, no bairro Jacarecanga, em Fortaleza. Quem desejar saber como entregar alimentos, roupas, entre outros, pode ligar para o número: 85 99620-3939.

No Instagram, o projeto mantém uma conta para divulgar o financiamento coletivo, acessível no 
@campanhakolbe. O e-mail é: [email protected] e o link para contribuir com a vakinha pode ser acessado no link: http://vaka.me/2247236

Com informações da UFC

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Volta do PV traz uma solução e muitos problemas

Opinião
22:55 | Ago. 05, 2021
Autor
Tipo Notícia

Depois de ter virado hospital de campanha durante o pique da pandemia o estádio Presidente Vargas vai voltar a ser palco de jogos de futebol e outras atividades inerentes. O poder público perde um ótimo lugar para construir um polo esportivo na Cidade.

O que o leitor ainda não deve ter reparado é que Fortaleza é a única cidade do país que tem dois estádios públicos. O Castelão, administrado pelo Estado, através da Secretaria do Esporte e Juventude, e o PV, pela Prefeitura, via Secretaria do Esporte e Lazer.

É inegável que a centralização do futebol no poder público levou os dirigentes de Ceará, Fortaleza e Ferroviário a se sentirem com pouca motivação para desenvolverem seus clubes promovendo a democracia e o associativismo. É incompreensível um clube não ter seu estádio.

Sei que a turma do futebol pode ficar na bronca, mas não quero destruir o PV, até porque povo sem memória vira fantasma de si mesmo. Há uns 15 anos atrás, quando era professor de Legislação e Organização Desportiva da Unifor, orientei alunos em um estudo de caso.

Duas perguntas norteavam o estudo na consulta feita aos moradores que residiam no entorno do PV. Contra ou a favor de jogos no PV? Resultado: não lembro exatamente a porcentagem, mas sei que a maioria era contra. Por quê? Era a outra pergunta

Aí, meu prezado leitor, os moradores desfiavam o seu rosário de lamentações. Dia de jogo ninguém pode botar cadeiras na calçada, dizia uma. Os carros estacionam em cima das calçadas, dizia outro. Fazem xixi na frente da casa da gente, dizia um terceiro.

Então, percebe-se que o estádio interessa para o futebol, mas é um transtorno na vida dos moradores do local. Evidentemente que, ao reabrir o PV, a Prefeitura deverá resolver esses problemas porque eles afetam a vida do cidadão e não pode continuar do jeito que estava.

Penso que seja uma boa ideia começar pelo estacionamento. Construir um edifício-garagem? Negociar com o 10º GAC um terreno para carros? Proibir de vez que se estacionem carros no entorno do estádio Presidente Vargas, tradicionalmente conhecido como PV?

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Dia dos Pais do Clube O POVO+

MARKETING
22:55 | Ago. 05, 2021
Autor Joelma Leal
Foto do autor
Joelma Leal Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Domino´s, Renner, Casas Bahia, Centauro, Netshoes, Mash e Ponto são alguns dos parceiros do Clube O POVO+ , que estão com ofertas diferenciadas para este dia dos pais. Um dos destaques é a ação Domino's: até o próximo domingo, 8, as pizzas médias e grandes, de qualquer sabor, e pedidas por meio do app da Domino's, estarão com 40% de desconto. "Estamos sempre pensando em iniciativas que agradem nossos assinantes, não só em datas comemorativas, mas o ano inteiro. Em breve, teremos mais novidades", afirma o gerente de estratégia digital do O POVO, Jimmy Lucas. Os assinantes OP terão acesso a um cupom, que dará direito ao benefício. O Clube O POVO soma mais de 60 parceiros nos mais variados segmentos. Além de alimentação, há serviços, educação, saúde e outros. Para consultar todas as opções: mais.opovo.com.br/clube

Data Report Shopping Center

A EBMQUINTTO lança um novo Data Report de Inteligência de Mercado, desta vez, focado no segmento de shopping center, na Região Metropolitana de Fortaleza. O levantamento procura fornecer dados para entender melhor o perfil de consumo físico e digital dentro dos shoppings, incluindo as preferências, bem como a intenção de compras para o segundo semestre. O questionário digital foi respondido por uma amostra de 155 pessoas, entre os dias 29 de junho e 2 de agosto. Entre os dados obtidos estão: 42% dos respondentes, o shopping é o primeiro lugar que pensam quando pretendem comprar algo; sobre intenção de comprar em datas do segundo semestre, o resultado da pesquisa reflete a seguinte ordem: Black Friday (44%), Natal (35%), Dia dos Pais (21%) e Dia das Crianças; os dois principais motivos na hora de escolher o local das compras são "preço baixo" e "custo-benefício" de contar com lojas, serviços e alimentação em um único ambiente. Para baixar o material completo, gratuitamente: comercial.ebmquintto.com.br

Brand Finance

O Banco do Nordeste foi apontado por pesquisa da consultoria britânica Brand Finance como a empresa brasileira que mais fortaleceu sua marca em meio ao contexto pandêmico. O topo do ranking denota que "o BNB tem atuado de forma eficiente e inovadora no cumprimento de sua missão, que é atuar como o banco de desenvolvimento da Região". Para mensurar a força da marca o indicador inclui investimento em marketing, reconhecimento pelos consumidores, satisfação dos funcionários e reputação. "O BNB tem apostado fortemente em tornar o acesso ao crédito cada dia mais ágil. O resultado da pesquisa reflete o nosso empenho em estar mais próximo do cliente, com soluções em crédito para os seus negócios e ganhos em desenvolvimento para a Região", comemora o presidente do Banco, Romildo Rolim.

Ipanema e São Camilo

A Ipanema Comunicação assina campanha nacional do plano de saúde São Camilo, parceiro da Rede de Farmácias Pague Menos. A agência implementou as ações de marketing digital do São Camilo Cariri e declara ter gerado mais de 300 leads por mês para a empresa. Para alcançar o resultado: estruturação das redes sociais, padronização da comunicação, planejamento de performance e criação de landing page própria, campanhas ADS, geração de conteúdo orgânico, além de uma campanha institucional no offline, com veiculação em TV, rádio, outdoor e ações pontuais em aeroportos. Desta vez, o foco é a campanha nacional e o filme destaca que os clientes do plano têm descontos a partir de 20% em medicamentos de marca e 30% nos genéricos nas farmácias da rede.

Lançamento Solar

A Solar Coca-Cola anuncia a chegada da cerveja Tiger. O lançamento traz a proposta de movimentar segmento mainstream puro malte no mercado brasileiro. Líder no mercado asiático, a Tiger nasceu em 1932 nas ruas de Singapura. A cerveja está presente em mais de 50 países e soma mais de 40 prêmios internacionais. No Nordeste, a distribuição da bebida fica por conta da Solar Coca-Cola. O produto estará disponível no mercado para venda nas versões: garrafa 600ml e lata 350ml.

Gestão do Tempo

Estão abertas as inscrições para o curso Gestão do Tempo, com o designer Chico Neto. Durante as aulas, os participantes vão receber orientações sobre como planejar e gerenciar projetos e tarefas individuais e coletivas, aproveitando melhor o tempo. O curso será on-line e utilizará as plataformas Google Classroom e Miro para publicação de keynotes, exercícios e referências complementares. Esta edição ocorre nos dias 14, 16, 21 e 23 de setembro, das 19 horas às 22 horas. Inscrições aqui.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags