PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Nova ameaça à segurança da Copa tem Cristiano Ronaldo como alvo

As ameaças de grupos pró-Estado Islâmico à Copa do Mundo de 2018, na Rússia, seguem acontecendo. Depois de Messi e Neymar serem representados em cartazes que indicam possíveis ações do grupo jihadista no Mundial, agora foi a vez de Cristiano Ronaldo. Na nova arte do grupo, o craque português, recentemente eleito melhor do mundo pela [?]

12:30 | 30/10/2017

As ameaças de grupos pró-Estado Islâmico à Copa do Mundo de 2018, na Rússia, seguem acontecendo. Depois de Messi e Neymar serem representados em cartazes que indicam possíveis ações do grupo jihadista no Mundial, agora foi a vez de Cristiano Ronaldo.

Na nova arte do grupo, o craque português, recentemente eleito melhor do mundo pela Fifa, aparece como refém, com o olho manchado. No cartaz, está escrita a frase: ?Nossas palavras são o que vocês veem, não o que vocês ouvem. Então esperam. Nós estamos esperando também?.

Esta foi a terceira vez em poucos dias que são feitas ameaças à segurança da Copa do Mundo, que acontece entre junho e julho do próximo ano. Na primeira, apenas Messi foi usado, com uniforme de prisioneiro e sangue saindo de seu olho.

Depois, o argentino foi novamente representado, junto com o brasileiro Neymar, em novo cartaz. O craque do Barcelona aparece caído, desacordado, enquanto o jogador do PSG aparece ajoelhado com expressão de sofrimento.

Gazeta Esportiva

TAGS