PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Uefa fecha parte do Estádio do Braga por conta de insultos racistas

As campanhas da Uefa por um jogo mais ?igual?, contra insultos racistas e xenófobos renderam mais uma punição a um clube de futebol. Nesta terça-feira, o Comitê Disciplinador da entidade anunciou que o SC Braga foi punido com uma multa financeira e a interdição de parte das arquibancadas do Estádio Municipal na próxima partida internacional [?]

13:30 | 30/10/2017

As campanhas da Uefa por um jogo mais ?igual?, contra insultos racistas e xenófobos renderam mais uma punição a um clube de futebol. Nesta terça-feira, o Comitê Disciplinador da entidade anunciou que o SC Braga foi punido com uma multa financeira e a interdição de parte das arquibancadas do Estádio Municipal na próxima partida internacional do time pela Liga Europa.

A Uefa decretou que parte dos torcedores do Braga tiveram um comportamento racista na derrota por 2 a 0 para o Ludogorets, no dia 19 de outubro, em partida válida pelo Grupo C da Liga Europa. Agora, o time português terá de jogar o confronto contra o Hoffenheim, dia 23 de novembro, com 1000 lugares fechados. Segundo o anúncio oficial da entidade, o local será coberto por uma faixa com o lema de ?Equal Game? (Jogo Igual), campanha da Uefa que promove a igualdade no esporte.

Além do clube, o treinador Abel Ferreira também teve punição confirmada. O comandante foi expulso no último duelo pela competição europeia e terá de cumprir um jogo nesta semana, contra o Ludogorets, na Bulgária. O fechamento de parte das arquibancadas foi seguido de uma multa financeira no valor de 15 mil euros (R$ 57 mil), motivado pelo atraso do time na entrada em campo.

Gazeta Esportiva

TAGS