PUBLICIDADE
Futebol

Santos encaminha acordo para quitar dívidas de Odílio com a Doyen

O Santos está bem próximo de finalizar um acordo para quitar uma dívida de cerca de R$ 75 milhões com a Doyen Sports. O Peixe ainda aguarda o acerto de alguns detalhes para divulgar a novidade de forma oficial. A quantia empresa será paga em parcelas por cinco anos e impedirá o bloqueio de contas [?]

17:30 | 07/10/2017

O Santos está bem próximo de finalizar um acordo para quitar uma dívida de cerca de R$ 75 milhões com a Doyen Sports. O Peixe ainda aguarda o acerto de alguns detalhes para divulgar a novidade de forma oficial. A quantia empresa será paga em parcelas por cinco anos e impedirá o bloqueio de contas do clube, solicitado pela empresa na Justiça.

O acordo foi selado após diversas reuniões entre o presidente Modesto Roma e os advogados do clube com os representantes da Doyen na Europa.

A dívida com a empresa foi ?criada? na gestão de Odílio Rodrigues, antecessor de Modesto. Além de trazer Leandro Damião e Lucas Lima no início de 2014, a Doyen adquiriu fatias de Daniel Guedes, Geuvânio e Gabigol.

Desde então, o alvinegro vem travando uma verdadeira batalha com a empresa maltês na Justiça por conta dos contratos assinados por Odílio Rodrigues. Porém, Modesto optou por uma ?trégua? para propor esse acordo de quitação antes da eleição presidencial do Peixe, marcada para o dia 9 de dezembro.

Gazeta Esportiva

TAGS