PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Renato nega que derrota na Arena influenciará no jogo da Libertadores

O Grêmio sofreu uma inesperada derrota por 3 a 1 para o Palmeiras neste domingo, dentro de sua arena, e viu suas chances de título no Campeonato Brasileiro ficarem muito pequenas. O Tricolor, porém, ainda sonha com o título da Libertadores, seu principal objetivo da temporada, com o primeiro jogo das semifinais, diante do Barcelona-EQU, [?]

19:15 | 22/10/2017

O Grêmio sofreu uma inesperada derrota por 3 a 1 para o Palmeiras neste domingo, dentro de sua arena, e viu suas chances de título no Campeonato Brasileiro ficarem muito pequenas. O Tricolor, porém, ainda sonha com o título da Libertadores, seu principal objetivo da temporada, com o primeiro jogo das semifinais, diante do Barcelona-EQU, marcado já para a próxima quarta-feira. Apesar da atuação ruim diante do Verdão, principalmente no segundo tempo, o técnico Renato Portaluppi minimizou a situação, afirmando que o espírito do time será outro diante dos equatorianos.

?Esta derrota vai ficar aqui dentro da Arena. O voo vai ser só com conversas a respeito do jogo contra o Barcelona. Lógico que não gostaríamos de perder, mas a partir de agora é só Libertadores. Somos os únicos brasileiros na competição. Tenho um grupo maravilhoso e vou levantar a moral deles. Temos que focar para quarta-feira?, disse o treinador tricolor, de forma confiante.

Outro detalhe importante da derrota para o Palmeiras é que o Grêmio entrou com um time praticamente reserva em campo, o que minimiza a atuação abaixo do esperado. O técnico Renato Portaluppi mostrou irritação ao ser questionado mais uma vez sobre a opção por poupar jogadores no Campeonato Brasileiro e atribuiu parte do desempenho ruim à cabeça dos atletas estarem no confronto da Copa Libertadores.

?O torcedor do Grêmio compreende. Já estou cansado deste assunto de preservar ou não a equipe. Aqui tem pessoas que pensam o planejamento do time. Na quarta-feira será outra equipe, espírito, vontade. É difícil você colocar na cabeça do grupo antes de um jogo tão importante que tem que pensar no Palmeiras. Agora focamos no jogo contra o Barcelona?, explicou.

Entre os poucos titulares que entraram em campo diante do Palmeiras estavam o atacante Luan e o volante Michel, que buscam retomar o ritmo de jogo após se recuperarem de lesões. Apesar dos dois atletas não terem desempenhado um bom futebol diante da equipe paulista, o treinador exaltou apenas o fato de eles poderem ganhar ritmo de jogo.

?O Luan a gente sabe que só na sequência de jogos será o jogador que já conhecemos. Hoje toda a equipe teve uma queda grande no segundo tempo, não foi só ele. Michel foi bem, já que está voltando de cirurgia. Não adianta vir aqui e falar individualmente, o time inteiro jogou mal. O bom foi eles terem jogado, porque precisam de ritmo nesta volta de lesões?, afirmou.

O importante confronto diante do Barcelona-EQU, pelas semifinais da Copa Libertadores, está marcado para a próxima quarta-feira, às 21h45(de Brasília), no Estádio Monumental Isidro Romero Carbo, em Guayaquil. O duelo de volta acontece na semana seguinte, no mesmo dia da semana e horário, na Arena do Grêmio.

Gazeta Esportiva

TAGS