PUBLICIDADE
Futebol


Parreira pode voltar ao Fluminense como vice de futebol

Carlos Alberto Parreira pode voltar ao Fluminense. Ele é o nome preferido do presidente Pedro Abad para assumir a vice-presidência de futebol deixada por Fernando Veiga, demitido depois de um áudio vazado à imprensa em que o dirigente criticou o elenco e o orçamento do Tricolor. O tetracampeão foi treinador do time das Laranjeiras em [?]

14:45 | 05/10/2017

Carlos Alberto Parreira pode voltar ao Fluminense. Ele é o nome preferido do presidente Pedro Abad para assumir a vice-presidência de futebol deixada por Fernando Veiga, demitido depois de um áudio vazado à imprensa em que o dirigente criticou o elenco e o orçamento do Tricolor. O tetracampeão foi treinador do time das Laranjeiras em dois títulos nacionais: o Campeonato Brasileiro de 1984 e a Série C nacional em 1999.

O convite a Carlos Alberto Parreira partiu do próprio presidente Pedro Abad, que teve de vencer algumas resistências internas, principalmente da sua base aliada, incomodada pelo fato de Parreira ter apoiado Mário Bittencourt na eleição passada, vencida por Abad.

Para convencer os aliados, Abad lembrou que o nome de Parreira é uma espécie de consenso entre os torcedores e que o tetracampeão é bem visto pelos jogadores, além de ter excelente relacionamento com o técnico Abel Braga.

Carlos Alberto Parreira desconversou quando perguntado sobre uma possível volta ao Fluminense, porém, ele ficou de analisar o convite e dar uma posição até o fim de semana. Por enquanto Abad está acumulando o cargo.

Outro nome que corre por fora, caso Parreira recuse, é o de Ricardo Tenório, que foi candidato a vice na chapa de Mário Bittencourt no pleito passado. Porém, seu nome tem ainda mais resistência do que o de Parreira.

Dentro de campo o elenco treinou na manhã desta quinta-feira, no Centro de Treinamento Pedro Antonio. Porém, a imprensa só foi liberada no fim da atividade, sem nenhum registro do que aconteceu. O Tricolor só volta a campo no dia 12 de outubro, quando encara o Flamengo em clássico marcado para às 17h (de Brasília), no Maracanã, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com a derrota de 1 a 0 para o Grêmio no fim de semana, o Tricolor ficou estacionado nos 31 pontos e tem apenas um de vantagem para a zona de rebaixamento, o que é visto como motivo de preocupação. Nesta sexta-feira está previsto um novo treino para a parte da manhã.

Gazeta Esportiva

TAGS