PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Islândia vence e se classifica de forma inédita para a Copa do Mundo

A participação nas quartas de final da Eurocopa de 2016 foi apenas o indício de que a seleção da Islândia tinha muito a mostrar. De forma inédita, a sensação europeia garantiu classificação de forma direta para os grupos da Copa do Mundo de 2018. A vitória em cima de Kosovo por 2 a 0 assegurou [?]

17:45 | 09/10/2017

A participação nas quartas de final da Eurocopa de 2016 foi apenas o indício de que a seleção da Islândia tinha muito a mostrar. De forma inédita, a sensação europeia garantiu classificação de forma direta para os grupos da Copa do Mundo de 2018. A vitória em cima de Kosovo por 2 a 0 assegurou a vaga. Quem também segue vivo na chance de disputar o Mundial é a seleção da Croácia, que venceu o confronto direto contra a Ucrânia e se classificou para a repescagem.

A decepção do grupo ficou por conta da Turquia. Inicialmente favorita, a seleção turca não mostrou um bom futebol e acumulou maus resultados que culminaram na desclassificação antecipada. Apesar da situação desconfortável, a seleção terminou de forma honrosa e venceu a também eliminada Finlândia.

Feito inédito?

Com a classificação bem encaminhada e precisando de uma vitória contra Kosovo, lanterna do grupo I, para ir de forma direta ao Mundial, a Islândia fez o dever de casa, venceu por 2 a 0 e conseguiu o feito inédito. A tão esperada goleada não veio e o placar foi o suficiente para garantir a vaga. O primeiro gol saiu na reta final do primeiro tempo, aos 40 minutos, com um dos principais jogadores do time. Sigurdsson colocou a bola nas redes e começou a construir o feito inédito.

O resultado seguia magro e o adversário já não mostrava disposição para reagir. Se aproveitando da situação, veio o gol do alívio. Aos 23 minutos, foi a vez do meia Gudmundsson ampliar o marcador e resolver a classificação. A classificação segue a onda de realizações históricas do país, que surpreendeu a Europa se classificando na Eurocopa de 2016 e chegando às quartas de final do torneio.

Croácia vence confronto direto e vai para repescagem

Estreando o novo treinador Zlatko Dalic, contratado depois do empate com a Finlândia na última rodada das Eliminatórias, a postura da Croácia foi se lançar para o ataque e pressionar o time ucraniano logo nos primeiros minutos. A primeira chance aconteceu logo com um minuto. Mandzukic completou o cruzamento de cabeça e a bola passou raspando o travessão.

A postura croata foi cessando com o passar dos minutos. A marcação alta começou a dar espaços para a Ucrânia sair jogando e o jogo se tornou mais estudado. As principais chances da equipe comandada por Shevchenko vinham do lado direito do ataque, nos pés de Marlos. O brasileiro naturalizado teve uma chance aos 10 minutos, aproveitando uma falha da defesa adversária, mas o chute explodiu na defesa.

Precisando vencer, a seleção da Ucrânia acelerava o jogo e tentava tomar conta das ações ofensivas, enquanto a Croácia se posicionava bem compactada e dominava o meio-campo As duas chances mais perigosas da reta final do primeiro tempo vieram do time ucraniano. Aos 30, Stepanenko aproveitou mais um vacilo da defesa croata e chutou muito perto. Um minuto depois, foi a vez de Konoplyanka aproveitar cruzamento e subir sozinho para cabecear, mas errou o alvo.

O famoso ditado do quem não faz toma crucificou a seleção da Ucrânia e eliminou o time comandado por Shevchenko. O segundo tempo vinha equilibrado, seguindo a mesma tendência do primeiro, mas os gols começaram a sair. Aos 16 minutos, Kramaric abriu o placar e, aos 25, o mesmo ampliou e deu números finais ao jogo. Com o revés no placar, o abatimento tomou conta da seleção da Ucrânia, que não demonstrou mais forças de recuperação.

Turquia termina com empate

Em duelo de eliminados, Finlândia e Turquia encerraram sua participação nas Eliminatórias com um empate. O resultado final foi 2 a 2. O nome dos turcos foi Tosun, que marcou os dois gols e pelo lado finlandês foi Arajuuri e Pohjampalo que marcaram e deram números finais ao confronto.

Gazeta Esportiva

TAGS