PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Figo é anunciado como novo conselheiro de futebol da Uefa

O português Luís Figo foi anunciado, nesta quarta-feira, como novo conselheiro de futebol da Uefa, entidade maior do futebol europeu. O ex-jogador utilizará a experiência e o conhecimento adquiridos ao longo dos seus 20 anos de carreira como atleta para contribuir com aspectos técnicos, relacionados a leis e ao potencial atrativo do esporte. ?Luís Figo [?]

13:45 | 11/10/2017

O português Luís Figo foi anunciado, nesta quarta-feira, como novo conselheiro de futebol da Uefa, entidade maior do futebol europeu. O ex-jogador utilizará a experiência e o conhecimento adquiridos ao longo dos seus 20 anos de carreira como atleta para contribuir com aspectos técnicos, relacionados a leis e ao potencial atrativo do esporte.

â??Luís Figo foi um jogador fantástico que revelou conduta exemplar dentro e fora do campo. Ã? uma figura altamente respeitada na modalidade e estou muito satisfeito por reforçar a nossa equipe. A sua imensa experiência futebolística será um ativo muito valioso para a Uefaâ?, afirmou Aleksander Ceferin, presidente do orgão, com quem Figo terá contato direto na execução de seu trabalho.

Aos 44 anos, o português também se manifestou a respeito de sua nova função no mundo do futebol. â??Tive a sorte de acumular experiência suficiente e acredito que posso ter uma influência positiva ao difundir os meus conhecimentos. O futebol está constantemente a evoluir. Tenho o privilégio de estar envolvido com a UEFA e gostaria de agradecer a Aleksander Ceferin por me dar esta oportunidadeâ?, apontou.

Como jogador, Figo foi revelado pelo Sporting, se transferindo para o Barcelona depois de cinco temporadas no clube de Lisboa, sua cidade natal. Em 2000, o meia trocou o Barça pelo rival espanhol Real Madrid, onde viveu sua melhor fase na carreira, marcando 57 gols em 239 jogos disputados, inclusive sendo eleito Melhor Jogador do Mundo em 2001. Em 2005, firmou um vínculo com a Inter de Milão, onde jogaria até 2009, ano que pendurou as chuteiras. Pela seleção portuguesa são 32 gols em 132 partidas.

 

Gazeta Esportiva

TAGS