PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Depois de abrir 2 a 0, América-MG cede o empate para o Boa Esporte

Em jogo de diferentes ambições, o América Mineiro sucumbiu a pressão e apenas empatou com a equipe do Boa Esporte. Com grande segundo tempo, o Coelho não deu chances para o adversário e construiu uma boa vantagem em menos de 15 minutos. Bill marcou dois gols, sendo um de cabeça e outro de pênalti. Na [?]

17:45 | 28/10/2017

Em jogo de diferentes ambições, o América Mineiro sucumbiu a pressão e apenas empatou com a equipe do Boa Esporte. Com grande segundo tempo, o Coelho não deu chances para o adversário e construiu uma boa vantagem em menos de 15 minutos. Bill marcou dois gols, sendo um de cabeça e outro de pênalti. Na reta final do jogo o Boa conseguiu a recuperação heroica e empatou o jogo nos acréscimos, depois da cabeçada de Thaciano, que também marcou o segundo gol.

Depois de uma primeira etapa sem muitas oportunidades, o segundo tempo foi bem mais intenso e os dois gols logo no início deixaram o confronto bem mais aberto. Atrás no placar, o Boa foi em busca de um melhor resultado e conseguiu chegar a igualdade.

O JOGO

Os primeiros 45 minutos foram, de maneira geral, disputados, de muita briga, correria, mas poucas chances claras de gol. O lance mais objetivo aconteceu em uma cabeçada do zagueiro do Boa Esporte, Douglas Assis, que resvalou na trave. A disputa no meio-campo marcou a tônica do jogo e os goleiros pouco trabalharam, salvo algumas bolas alçadas na área provenientes de faltas e escanteios.

Durante os primeiros minutos o time do América Mineiro optou por uma pressão na saída de bola do Boa Esporte, dificultando a troca de passes do time da casa, que passou a abusar dos ?chutões?. Apesar da posse maior, o time mineiro não conseguia infiltrar na defesa adversária e a criação acabava sendo pouco efetiva. A primeira finalização do Boa veio por meio de um contra-ataque, em que Marciano teve boas condições para o chute, mas acabou errando o alvo.

A melhor chance da primeiro tempo também foi do time mandante, que acertou a trave aos 20 minutos. A chegada mais perigosa do América foi apenas no último minuto. Felipe Amorim aproveitou desvio de Bill, mas o chute foi desviado de forma providencial pelo defensor do Boa.

Diferente do primeiro, o segundo tempo começou bem mais dinâmico e logo aos dois minutos a equipe do América-MG conseguiu abrir o placar. Felipe Amorim carregou pelo lado direito e cruzou na cabeça de Bill, que se antecipou ao defensor e completou para as redes. O gol motivou o time mineiro, que seguiu pressionando e poucos minutos depois chegou ao segundo tento. Aos sete, Felipe Amorim aproveitou a jogada e saiu em velocidade. Dentro da área, teve a camisa puxada e o árbitro marcou o pênalti. Na cobrança, Bill marcou seu segundo gol e ampliou a vantagem do América.

Com dois a zero no placar e melhor no jogo, o Coelho teve aos 12 a oportunidade clara de marcar o terceiro, mas acabou desperdiçando. Messias aproveitou o cruzamento e cabeceou firme para o gol, obrigando ótima defesa do goleiro Fabrício. A bola sobrou limpa no meio da área, mas ninguém do América conseguiu chegar para completar.

Precisando do resultado, a alternativa do Boa foi se lançar para o ataque e buscar ao menos diminuir o placar. A tentativa, no entanto, acabou saindo de forma desorganizada e pouco foi efetivo na hora de finalizar.  A resposta do América era rápida e Felipe Amorim perdeu mais uma grande chance aos 25 minutos. Sozinho, o meia saiu na cara do goleiro e chutou para fora.

Na reta final do jogo, aos 38 minutos, Thaciano aproveitou o desvio de Casagrande na falta cobrada para área e diminuiu o placar. Os últimos minutos foram de muita pressão do time da casa, que chegou algumas vezes com perigo e contou com grandes defesas do goleiro Fabrício, que evitou o empate mais cedo.

Nos acréscimos, quando já não havia mais disposição tática e muito menos organização, Thaciano conseguiu o empate. Aos 49 minutos, o atacante aproveitou outro cruzamento e cabeceou no canto do goleiro para igualar o marcador.

FICHA TÉCNICA

BOA ESPORTE X AMÉRICA-MG

Local: Estádio Municipal de Varginha (MG)

Data: Sábado, 28 de outubro de 2017

Horário: 16h30 (De Brasília)

Árbitro: Dyorgines José Padovani de Andrade (ES)

Assistentes: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Vanderson Antônio Zanotti (ES)

GOLS:

BOA ESPORTE: Thaciano (2T ? Aos 38 minutos e aos 47)

AMÉRICA-MG: Bill (2T- Aos dois minutos e aos sete)

CARTÕES AMARELOS:

BOA ESPORTE: Júlio Santos e Douglas Assis

AMÉRICA-MG: Norberto e Gerson Magrão

BOA ESPORTE: Fabrício; Juan (Igor), Júlio Santos, Douglas Assis e Elivelton Lima; Escobar, Diones (Casagrande), Felipe Mateus e Thaciano; Reis (Gil), Rodolfo

Técnico: Nedo Xavier.

AMÉRICA-MG: Fernando Leal; Norberto, Messias, Rafael Lima, Giovanni e Ernandes; Juninho, Felipe Morim (Hugo Cabral), Ruy (Zé Ricardo), Gerson Magrão (Mike); Bill

Técnico: Enderson Moreira

 

 

Gazeta Esportiva

TAGS