PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Com bela assistência de Sánchez, Arsenal supera Brighton dentro de casa

Neste domingo, o Arsenal recebeu o Brighton & Hove Albion no Emirates Stadium, pela sétima rodada do Campeonato Inglês, e não teve grandes dificuldades para garantir os três pontos. A partida terminou 2 a 0 para os mandantes, gols marcado por Nacho Monreal e Alex Iwobi. A vitória coloca os Gunners momentaneamente na zona de [?]

10:15 | 01/10/2017

Neste domingo, o Arsenal recebeu o Brighton & Hove Albion no Emirates Stadium, pela sétima rodada do Campeonato Inglês, e não teve grandes dificuldades para garantir os três pontos. A partida terminou 2 a 0 para os mandantes, gols marcado por Nacho Monreal e Alex Iwobi.

A vitória coloca os Gunners momentaneamente na zona de classificação para os torneios europeus, em quinto lugar, com 13 pontos ganhos. À espera do resultado entre Newcastle e Liverpool, que fecha a rodada, para saber a posição no campeonato, o time comandado por Arsène Wenger está com a mesma pontuação que o rival Chelsea, perdendo no saldo de gols. O Watford será o adversário do próximo fim de semana, fora de casa, pela oitava rodada, enquanto o Brighton recebe o Everton.

O jogo ? O time da casa entrou ligado em campo. Logo aos dois minutos de jogo, o francês Alexandre Lacazette quase colocou o Arsenal na frente do placar. Com a bola dominada na entrada da área, o camisa 9 soltou a bomba, que explodiu na trave esquerda do goleiro do Brighton, Mathew Ryan. No rebote, o atacante pegou de primeira, mas a bola acabou passando por cima do travessão. Aos 13 minutos, o nigeriano Alex Iwobi saiu na cara do goleiro australiano, mas bateu mal, nas mãos do arqueiro, desperdiçando grande oportunidade.

Em colaboração com o frágil sistema defensivo do Brighton, o gol dos Gunners amadureceu. Aos 16 minutos, após Granit Xhaka bater falta na linha de fundo, foram necessários três chutes para que a bola balançasse as redes dos visitantes, com Nacho Monreal, livre, aproveitando a sobra no meio da área.

O jogo se tornou mais equilibrado depois do gol.  Aos 24 minutos, Petr Cech viu sua trave esquerda estremecer com o chute de Solomon March, após jogada ensaiada em cobrança falta na entrada da área. Porém, mesmo com a boa chance criada, o time visitante não fez o suficiente para igualar o marcados na primeira etapa e contou com a sorte para não ir ao intervalo com um prejuízo maior.

Se, no primeiro tempo, o Arsenal não conseguiu aumentar a contagem, no início da etapa final, aconteceu. Aos 10 minutos, em boa trama ofensiva, Alexis Sánchez invadiu a área e, de calcanhar, serviu Iwobi. O nigeriano bateu firma, tirando do goleiro e fazendo o segundo do time da casa na partida.

Aos 18, Sánchez quase deixou o dele, em chute rasteiro, mas Ryan tirou com a ponta dos dedos para escanteio. Com a boa vantagem no placar, os Gunners passaram a cozinhar a partida, diminuindo a intensidade e o volume de jogo.

 

 

Gazeta Esportiva

TAGS