PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Buffon não irá se aposentar ano que vem caso ganhe a Liga dos Campeões

Eleito melhor goleiro do futebol mundial na última segunda-feira, Gianluigi Buffon afirmou novamente que irá se aposentar ao fim da atual temporada. Mesmo vivendo uma ótima fase e uma de suas melhores na sua carreira, o goleiro italiano ressaltou que só irá continuar jogando profissionalmente por mais alguns anos caso a Juventus conquiste a Liga [?]

15:15 | 24/10/2017

Eleito melhor goleiro do futebol mundial na última segunda-feira, Gianluigi Buffon afirmou novamente que irá se aposentar ao fim da atual temporada. Mesmo vivendo uma ótima fase e uma de suas melhores na sua carreira, o goleiro italiano ressaltou que só irá continuar jogando profissionalmente por mais alguns anos caso a Juventus conquiste a Liga dos Campeões, principal título do futebol europeu e o qual o arqueiro nunca conquistou.

?Não vai ter uma mudança sobre isso, estou plenamente consciente da escolha que fiz e irei segui-la. Não me arrependo de ter jogado mais dois ou três anos do que tinha planejado, mas chegou a hora de deixar que Szczesny tenha uma grande oportunidade no gol da Juventus?, afirmou o goleiro ,que foi eleito o melhor da posição na premiação da Fifa que aconteceu na última segunda-feira.

?Com um goleiro como Szczesny na minha sombra é normal que eu tome esta decisão. A única forma de poder repensar e ficar por mais uma temporada seria vencer a Liga dos Campeões desta temporada. Aí ia pensar que teria de continuar para vencer o Mundial de Clubes?, ressaltou o arqueiro italiano.

Caso Buffon encerre mesmo a carreira ao fim da temporada 2017/2018, Buffon irá concluir sua trajetória no futebol com incríveis 22 títulos, sendo 17 deles só pela Juventus, equipe onde está desde 2001. Em 16 temporadas pela equipe de Turim, o arqueiro participou de 632 jogos e se tornou um dos maiores ídolos não só da equipe como do futebol italiano.

Apesar de ficar quase duas décadas atuando pela Juventus, Buffon teve seu maior momento com a conquista da Copa do Mundo de 2006 pela seleção italiana. Na ocasião, o goleiro teve participações fundamentais até o quarto título mundial do país e se consagrou ainda mais ao chegar em 173 jogos disputados vestindo a camisa da Azurra.

Gazeta Esportiva

TAGS