PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Árbitro de vídeo decide, Dybala perde pênalti e Juventus empata

A Juventus perdeu a liderança do Campeonato Italiano. Neste domingo, a equipe de Turim não conseguiu manter a vantagem construída e cedeu o empate contra a Atalanta. O 2 a 2 poderia ter sido evitado e a chance esteve nos pés de Paulo Dybala. A cobrança de pênalti do argentino parou nas mãos do goleiro [?]

18:15 | 01/10/2017

A Juventus perdeu a liderança do Campeonato Italiano. Neste domingo, a equipe de Turim não conseguiu manter a vantagem construída e cedeu o empate contra a Atalanta. O 2 a 2 poderia ter sido evitado e a chance esteve nos pés de Paulo Dybala. A cobrança de pênalti do argentino parou nas mãos do goleiro Berisha. Com a igualdade no placar, a Juve vê o Napoli abrir dois pontos na frente e, ao mesmo tempo, deixa escapar o 100% de aproveitamento.

Os primeiros 45 minutos foram muito intensos e com muitas oportunidades. A Juventus começou melhor e teve maior domínio das ações ofensivas, abrindo 2 a 0 em menos de 30 minutos. A Atalanta não assustava tanto, salvo algumas bolas alçadas na área de Buffon. O experiente goleiro fez algo que não costuma ser comum e acabou falhando no gol do adversário, que diminui o placar e fechou o placar do primeiro tempo.

O placar foi aberto aos 21 minutos por Bernardeschi. Matuidi arriscou e Berisha espalmou a bola nos pés do atacante, que apenas empurrou para o gol. O segundo gol aconteceu três minutos depois. Higuaín, que já havia perdido duas oportunidades, aproveitou o cruzamento do autor do primeiro tento e chutou forte para ampliar, em boa jogada trabalhada pelo time de Turim. O domínio absoluto até então fez com que o time se acomodasse e veio o banho de água fria.

Aos 30 minutos, Papu Gomez bateu falta direta para o gol e Buffon não conseguiu encaixar, batendo roupa. Atento no lance, Caldara teve apenas o trabalho de empurrar para o gol aberto. O tento motivou demais o time da Atalanta, que começou a se soltar um pouco mais e deu alguns espaçõs para a Juventus, que não conseguiu aproveitar.

A segunda etapa seguiu a mesma tendência da primeira. O ímpeto ofensivo da Atalanta na reta final do primeiro tempo não continuou no segundo e a Juventus tentava controlar sem muita efetividade. Aos 11 minutos aconteceu o lance mais polêmico do jogo. Mandzukic escorou para as redes o cruzamento de Dybala, mas o gol foi anulado com a interferência da arbitragem de vídeo. Foi marcada uma falta na origem do lance e o gol anulado.

Aos 18 minutos veio o empate da Atalanta. Novamente participando do gol, Papu Gomez colocou a bola na cabeça de Cristante, que subiu sozinho para testar contra a meta de Buffon. A intensidade voltou após o gol e a virada quase aconteceu aos 30 minutos. Spinazzola tentou o cruzamento, mas a bola pegou efeito e quase enganou o goleiro da Juve.

Na reta final do jogo o árbitro de vídeo apareceu novamente e foi confirmado uma penalidade para a Juventus. Com o auxílio do recurso, a autoridade da partida viu uma bola na mão da barreira formada pelo time da Atalanta e confirmou a marca da cal. Na cobrança, Berisha se sobressaiu sobre Dybala e defendeu a cobrança do argentino. O pênalti perdido foi um baque no time, que viu a Atalanta trocar passes e controlar os últimos minutos.

Gazeta Esportiva

TAGS