Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

São Paulo treina com Rodrigo Caio de volante e pode ter novo esquema

Desesperado por uma reação, o São Paulo deve ter mudanças para o duelo com o Vitória, no próximo domingo, no Barradão. Na ensolarada manhã desta terça-feira, o técnico Dorival Júnior começou a esboçar o time titular e acenou com a possibilidade de usar Rodrigo Caio como volante. E ainda manteve Christian Cueva entre os reservas. [?]
12:30 | Set. 12, 2017
Autor -
Foto do autor
- Autor
Tipo Notícia

Desesperado por uma reação, o São Paulo deve ter mudanças para o duelo com o Vitória, no próximo domingo, no Barradão. Na ensolarada manhã desta terça-feira, o técnico Dorival Júnior começou a esboçar o time titular e acenou com a possibilidade de usar Rodrigo Caio como volante. E ainda manteve Christian Cueva entre os reservas.

Numa atividade tática em campo reduzido, Dorival armou ambas as equipes com 12 jogadores de linha. Sem colete, os titulares tiveram Sidão; Militão, Arboleda, Bruno Alves e Júnior Tavares; Rodrigo Caio e Petros; Marcos Guilherme, Jonatan Gomez, Hernanes, Lucas Fernandes e Thomaz; Lucas Pratto.

Nessa formação, Rodrigo Caio atuou bem mais adiantado, como volante, fazendo a transição entre defesa e ataque. O camisa 3 atuou assim na derrota por 4 a 2 para o Osasco Audax, na estreia do Campeonato Paulista, em fevereiro. Já Júnior Tavares substituiu o suspenso Edimar na lateral esquerda.

Gomez, por sua vez, treinou no lugar de Jucilei, que foi expulso no jogo contra a Ponte Preta e está fora do confronto em Salvador. O argentino, portanto, foi posicionado no centro da linha ofensiva de cinco armadores, com Marcos Guilherme, Lucas Fernandes e Thomaz nas pontas.

Utilizar Rodrigo Caio mais à frente é uma medida de para proteger a zaga, que é a segunda mais vazada do Campeonato Brasileiro, com 35 gols sofridos, 21 deles nos 11 jogos com Dorival no comando.

Resta saber quem sairá dessa formação com 12 jogadores de linha. A tendência é que dois desses cinco armadores deixem a equipe: Gomez e Thomaz são os favoritos. Assim, Dorival mudaria o esquema do 4-1-4-1 para o 4-2-3-1.

O comandante são-paulino deve dar mais pistas do time titular na próxima quarta-feira à tarde, quando o elenco volta a treinar no CCT da Barra Funda. Com 24 pontos em 23 rodadas, o São Paulo é o 19º e penúltimo colocado do Brasileirão e precisa de uma vitória em Salvador para respirar na luta contra o rebaixamento.

Susto

Antes da atividade tática, os jogadores participaram de um treino em campo reduzido, em que se enfrentavam individualmente, no tradicional mano a mano, em busca do gol. Em um desses confrontos, Rodrigo Caio entrou forte em Maicosuel, que devolveu com um coice na canela do zagueiro.

O meio-campista ficou caído durante alguns minutos no gramado com dores no cotovelo esquerdo e foi prontamente atendido pelo médico José Sanchez. Recuperado do choque, voltou a campo e seguiu o treino normalmente.

Gazeta Esportiva

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Ceará soma mais de 920 mil casos de Covid e 23.566 mortes pela doença

Números da pandemia
20:23 | Ago. 03, 2021
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Ceará registrou 752 novos casos de Covid-19 e 38 mortes nas últimas 24 horas. A quantidade de casos foi de 919.544, nessa segunda-feira, 2, para 920.296 nesta terça-feira, 3. O acumulado de óbitos no sistema foi de 23.528 para 23.566 no mesmo período. Os dados são do IntegraSUS, plataforma de transparência atualizada pela Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (Sesa), consolidados às 17h40min desta terça-feira.

Ainda de acordo com a plataforma, nenhuma morte confirmada por Covid-19 aconteceu nas últimas 24 horas. Devido ao atraso que ocorre para que mortes mais recentes entrem no sistema, vítimas da Covid-19 que faleceram no mesmo período podem ser registradas posteriormente.

No Estado, há atualmente, 644.283 pessoas recuperadas da doença e 45.485 com suspeita de infecção. A taxa de letalidade — proporção de mortes entre os casos confirmados — é de 2,6%. Foram realizados 2.516.688 exames para detecção do coronavírus no Ceará até o momento.

Covid-19: números do Ceará

920.296 casos confirmados
23.566 óbitos
2,6% de taxa de letalidade
2.516.688 exames
644.283 pessoas recuperadas
Nenhum óbito confirmados nas últimas 24 horas

Taxa de letalidade

Há uma diferença entre taxa de mortalidade e de letalidade de uma doença. A taxa de mortalidade se refere à quantidade de pessoas que morreram por uma doença em relação à população total de um lugar — seja uma cidade, estado, país, ou até mesmo o mundo inteiro. Já a taxa de letalidade se refere à quantidade de pessoas que morreram por uma doença em relação à quantidade de infectados por ela.

Campanha de vacinação

Na campanha de vacinação contra a Covid-19 no Estado, todos os municípios cearenses já começaram a vacinar a população em geral. A nova etapa da campanha acontece de forma escalonada por ordem decrescente de idade, a partir dos 59 anos. Para receber a vacina, as pessoas devem estar devidamente cadastradas na plataforma Saúde Digital, da Sesa.

Além do público em geral, as pessoas incluídas nos grupos prioritários das fases 1, 2, 3 e 4, do PNI, estão recebendo os imunizantes contra o coronavírus em paralelo. Dentre as categorias, estão: trabalhadores da saúde, idosos, indígenas, quilombolas, pessoas com comorbidades, grávidas, puérperas, pessoas portadoras de deficiência, moradores de rua, trabalhadores da educação, profissionais do transporte coletivo rodoviário, metroviário, aéreo, aquaviário, portuários entre outros.

Evolução do coronavírus no Ceará

Casos de coronavírus no Ceará em 2 de julho (02/8)

Casos de coronavírus no Ceará em 31 de julho (31/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 30 de julho (30/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 29 de julho (29/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 28 de julho (28/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 27 de julho (27/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 26 de julho (26/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 24 de julho (24/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 23 de julho (23/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 22 de julho (22/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 21 de julho (21/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 20 de julho (20/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 18 de julho (18/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 17 de julho (17/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 16 de julho (16/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 15 de julho (15/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 14 de julho (14/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 11 de julho (11/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 10 de julho (10/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 9 de julho (9/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 8 de julho (8/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 7 de julho (7/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 6 de julho (6/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 5 de julho (5/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 4 de julho (4/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 3 de julho (3/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 2 de julho (2/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 1 de julho (1º/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 30 de junho (30/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 28 de junho (28/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 27 de junho (27/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 26 de junho (26/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 25 de junho (25/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 24 de junho (24/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 23 de junho (23/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 22 de junho (22/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 21 de junho (21/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 20 de junho (20/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 19 de junho (19/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 18 de junho (18/06)

<

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Ceará tem 46% das UTIs adulto ocupadas por pacientes com Covid-19

Coronavírus
20:18 | Ago. 03, 2021
Autor Gabriela Almeida
Foto do autor
Gabriela Almeida Autor
Ver perfil do autor
Tipo Noticia

As Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) do Ceará, voltadas para atendimento de adultos com Covid-19, registram ocupação de 46,67%. Os dados foram divulgados na plataforma IntegraSUS, da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), e são baseados em informações colhidas até às 17h04min desta terça-feira, 3.

O monitoramento leva em consideração tanto unidades médicas públicas como particulares que estão situadas no Estado. A média geral de ocupação das UTIs, equipamento que trata de casos mais graves da doença, é de 46,12%. A maior ocupação é registrada na ala de gestante, que apresenta 66,67% de ocupação. UTI infantil e neonatal registram 47,06%21,43%, respectivamente.

LEIA MAIS | Secretaria da Saúde confirma mais dois casos da variante Delta no Ceará e recomenda autoquarentena

Em relação as enfermarias do Ceará, a média geral de ocupação é de 23,92%, sendo a ala infantil a com maior ocupação, registrando o percentual de 41,15%. Em seguida aparece a ala adulto, com 20,15% e a de gestante com 10,34%. O espaço do equipamento voltado para tratamento neonatal não foi atualizado.

Dentre as regiões de saúde do Estado, o Sertão Central é a que apresenta o maior número de ocupação das "UTIs Covid", com 65%. As demais regiões registram médias de: Fortaleza (52,19%), Litoral Leste/Jaguaribe (45%), Sobral (44,14%) e Cariri (31,58%).

Em toda Unidade Federativa, conforme dados colhidos até às 13h08min de hoje, 12 pessoas aguardam na fila de espera por leitos específicos de tratamento da Covid-19. Desses, seis esperam por leitos específicos da UTI e seis aguardam para serem levados a enfermarias.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Goleiro João Ricardo, do Ceará, passa por cirurgia no joelho direito

LESÃO
20:14 | Ago. 03, 2021
Autor Mateus Moura
Foto do autor
Mateus Moura Autor
Ver perfil do autor
Tipo Noticia

João Ricardo, goleiro do Vovô, precisou passar por uma artroscopia no joelho direito nesta terça-feira, 3. O atleta já teve alta da unidade hospitalar e encontra-se em reabilitação pós-cirúrgica. A previsão do departamento médico é que ele inicie o processo de recuperação com a fisioterapia do clube até o fim da semana. A estimativa para o retorno aos gramados é entre três a quatro semanas.

Esta foi a segunda lesão do jogador na temporada. Em junho, João Ricardo precisou passar por um procedimento cirúrgico na mão direita após sofrer a lesão na estreia do Ceará no Brasileirão, na vitória por 3 a 2 diante do Grêmio. Na ocasião, o goleiro iniciou a partida como titular, mas foi substituído no intervalo do jogo.

O goleiro de 32 anos chegou ao Alvinegro para a disputa da temporada 2021, vindo da Chapecoense-SC, campeã da Série B 2020. Ele atuou em seis partidas, todas elas quando o Ceará escalou um time alternativo em campo.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Ibram: Elevação da alíquota de CFEM carece de fundamento técnico aprofundado

ECONOMIA
20:11 | Ago. 03, 2021
Autor Agência Estado
Foto do autor
Agência Estado Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram) criticou nesta terça-feira, 3, a proposta do relator do projeto do Imposto de Renda, o deputado federal Celso Sabino (PSDB-PA), de elevar a Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM), conhecido como royalties da mineração.
Segundo o Ibram, a proposta - que eleva de 4% para 5,5% a alíquota da CFEM - carece de fundamento em um estudo técnico aprofundado, que leve em consideração vários fatores, inclusive, a situação das mineradoras que atuam no Brasil.
O Ibram citou que o governo federal impôs um "brutal aumento" na cobrança de CFEM em 2017, ao elevar alíquotas e mudar a base de cálculo da compensação, que passou do faturamento líquido para o faturamento bruto das mineradoras. Segundo a associação, isso representou, na prática, um aumento de cerca de 100%.
"A proposta de agora, assim como em 2017, ignora que as mineradoras estão sujeitas a uma carga tributária na casa dos 38%, como outros setores produtivos. A CFEM é mais um encargo que apenas o setor mineral recolhe e é considerado o royalty da mineração", disse o Ibram, em nota divulgada para a imprensa.
O Ibram acrescentou que as exportações de minérios respondem por cerca de 65% do saldo comercial positivo do país. A elevação da alíquota causaria, assim, impactos imediatos na competitividade das mineradoras do Brasil, que enfrentariam concorrentes altamente competitivos, como as da Austrália, que cobra carga tributária geral de 18%. 'Está em risco, além do saldo da balança comercial, o próprio Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro. O Brasil não pode abrir mão de receitas importantes, principalmente, em um momento de retomada da economia", avaliou.
O Ibram informou que espera que tanto o relator quanto outros parlamentares avaliem "muito bem" a questão de elevação da cobrança de CFEM antes de "por em risco" a indústria da mineração e as receitas geradas ao País, destacando que o mais recomendável é que o tema seja discutido apenas dentro do contexto da reforma tributária ampla, que o Congresso Nacional tem em pauta.
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Prédio comercial na Aldeota registra princípio de incêndio nesta terça

Fortaleza
20:10 | Ago. 03, 2021
Autor Gabriela Almeida
Foto do autor
Gabriela Almeida Autor
Ver perfil do autor
Tipo Noticia

O Harmony Medical Center, prédio comercial localizado na Aldeota, em Fortaleza, registrou um princípio de incêndio no fim da tarde desta terça-feira, 3. Segundo informações do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBMCE), o incidente foi provocado por um curto-circuito em um ar-condicionado instalado no térreo. Ninguém que estava no local precisou de atendimento médico e houve apenas danos materiais.

De acordo com a tenente Carolina, que atendeu a ocorrência pelo CBMCE, quando o curto-circuito ocorreu uma equipe da brigada de incêndio do edifício atuou para debelar as chamas, evacuando o prédio por segurança. Os bombeiros chegaram logo em seguida, realizando procedimentos como a inspeção da temperatura e ventilação do local, dando também recomendações de segurança.

LEIA MAIS | Vacinação em Fortaleza: confira lista de agendados para quarta, (04/08), e quinta-feira, (05/08)

Ninguém que estava presente foi ferido ou precisou de atendimento médico, conforme informações passadas pela tenente. Entre os danos materiais, além do ar condicionado o fogo danificou um móvel de escritório, documentos, uma lâmpada, três interruptores, um estabilizador, entre outros.

Essa não é a primeira vez que o prédio é atingido por incidentes como esse. Em janeiro de 2020, uma sala do local pegou fogo e a suspeita na época foi também um curto-circuito em um ar-condicionado. Os pacientes e funcionários que estavam no local foram retirados e também não houve vitimas.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags