PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Rooney ficará dois anos sem dirigir e pede desculpa em página oficial

Depois de ter sido pego dirigindo alcoolizado, o atacante Wayne Rooney foi julgado e ficará dois anos sem poder dirigir, além de ter que cumprir 100 horas de serviços comunitários. No dia 1 de setembro deste ano, na cidade de Cheschire, próxima à Manchester e Liverpool, o inglês foi flagrado e detido pela polícia por [?]

11:30 | 18/09/2017

Depois de ter sido pego dirigindo alcoolizado, o atacante Wayne Rooney foi julgado e ficará dois anos sem poder dirigir, além de ter que cumprir 100 horas de serviços comunitários. No dia 1 de setembro deste ano, na cidade de Cheschire, próxima à Manchester e Liverpool, o inglês foi flagrado e detido pela polícia por conduzir seu veículo sob efeito de bebida alcoólica acima do limite permitido.

Após ter sido julgado e ter tido sua habilitação suspensa, Rooney também teve de pagar uma multa de 170 libras (aproximadamente R$720). Ainda assim, continuou atuando pelo Everton normalmente, inclusive na derrota para o Manchester United de José Mourinho, por 4 a 0.

Com a pena do caso instituída, Rooney publicou um pedido de desculpas em sua página oficial, afirmando que reconhece seu erro após ter dirigido alcoolizado e que aceita a sentença do tribunal.

Confira o comunicado oficial do jogador na íntegra: 

?Depois da decisão do tribunal, gostaria de me desculpar publicamente por meu inesquecível lapso de julgamento ao dirigir acima do limite legal. Isso foi completamente errado.

Eu já tinha pedido desculpas a minha família, meu técnico e elenco e todos do Everton. Agora, eu quero me desculpar com todos os meus fãs e todos aqueles que me apoiaram durante minha carreira.

É claro que eu aceito a sentença do tribunal e espero poder me redimir através do meu serviço comunitário?, disse.

Gazeta Esportiva

TAGS