PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Presidente da Chape reafirma meta de ficar entre os dez primeiros

Um dia após decidir demitir o treinador Vinícius Eutrópio, Plínio David Nês Filho se manifestou em entrevista coletiva. O presidente da Chapecoense negou ter pressa para achar um novo comandante para o Verdão do Oeste, já que quer encontrar o nome ideal para o clube. ?Já tenho o grupo montado para o trabalho a seguir [?]

15:15 | 12/09/2017

Um dia após decidir demitir o treinador Vinícius Eutrópio, Plínio David Nês Filho se manifestou em entrevista coletiva. O presidente da Chapecoense negou ter pressa para achar um novo comandante para o Verdão do Oeste, já que quer encontrar o nome ideal para o clube.

?Já tenho o grupo montado para o trabalho a seguir e esse grupo pode ficar até quem sabe mais dias do que o previsto. Estamos trabalhando com os pés no chão, para uma contratação que seja o ideal do que nós da Chape pensamos. Não tem prazo nenhum. Trabalhamos hoje com Emerson Cris e o resto da equipe?, declarou.

Apesar da equipe catarinense estar na 18ª colocação do Campeonato Brasileiro, Plínio ainda acredita que o time conseguirá cumprir a meta inicial na competição, que era ficar na parte de cima da tabela.

?Reconheço isso (a criação de expectativa). Disse que queria entre os dez primeiros e estamos lutando para chegar lá. Ainda não desistimos. Façamos um cálculo: quatro pontos nos separam do 11º, então não é impossível e vamos tentar chegar lá. Se não der (para cumprir o objetivo), vamos mirar ficar em 11º, 12º. Como todo mundo acha que o principal é não cair, vai estar sendo cumprido o que a torcida quer?, declarou o presidente da Chapecoense.

Além disso, Maninho, como é conhecido, negou o rótulo de tomar as decisões sozinho. ?As pessoas se esquecem rapidamente o que aconteceu na Chapecoense. As pessoas falam muitas coisas, inverdades, justificativas que não trazem benefício ao clube. Decidimos por consenso. Eu não tenho como presidente e nem quero ser ditatorial, existe uma democracia dentro da Chapecoense. Essa democracia é exercida. A decisão é da diretoria executiva, responsável pela administração da Chapecoense?.

Gazeta Esportiva

TAGS