PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Petros pede para ?cada um assumir sua responsabilidade? no São Paulo

Aos 28 anos, o volante Petros passa pela primeira vez em sua carreira pela zona de rebaixamento. O São Paulo ocupa a vice-lanterna do Campeonato Brasileiro e tem semana livre para focar suas atenções para a partida do próximo sábado, contra a Ponte Preta. Petros acredita que a equipe precisa de uma mudança de postura [?]

19:30 | 04/09/2017

Aos 28 anos, o volante Petros passa pela primeira vez em sua carreira pela zona de rebaixamento. O São Paulo ocupa a vice-lanterna do Campeonato Brasileiro e tem semana livre para focar suas atenções para a partida do próximo sábado, contra a Ponte Preta. Petros acredita que a equipe precisa de uma mudança de postura para respirar na competição.

?Temos um grupos jovem, com uns jogadores que também já rodaram muito. Tem que melhorar dia após dia. Chegou o momento de cada um assumir sua responsabilidade. Olhar para dentro e fazer uma autocrítica?, afirmou Petros em entrevista coletiva nesta segunda-feira.

Um dos líderes do elenco tricolor, Petros não vê a hora de deixar a degola. Para isso, o São Paulo terá que se sair bem em uma sequência dura que tem pela frente, com Ponte Preta (09/09), Vitória (17/09), Corinthians (24/09) e Sport (01/10).

?Se pudesse jogar contra eles quarta e domingo, preferiria para sair logo desta situação. Tem sido uma semana muito forte de trabalho, algumas mudanças por parte do Dorival. Para o grupo foi uma semana importante. A gente respeita a Ponte, mas é uma partida importantíssima, talvez a principal e precisamos vencer esse jogo?, avaliou Petros.

No treino desta segunda-feira, o técnico Dorival Júnior sofreu duas importantes baixas. O volante Jucilei sofreu choque com Gómez e deixou a atividade após constatar trauma na coxa esquerda. Já o meia Marcos Guilherme sentiu desconforto no quadril. Os jogadores passam por avaliação nesta terça-feira, mas não devem preocupar para o final de semana.

?O treino foi de jogadas normais, mas a intensidade é bacana. Treinar como vai jogar é fundamental. Os grandes treinadores pedem isso. Se você tem esse espírito de vencedor, dificilmente as coisas dão erradas?, finalizou Petros.

* Especial para a Gazeta Esportiva

Gazeta Esportiva

TAGS