PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Perto dos 100 jogos, Juninho pede mais entrega ao elenco do Bahia

Titular da equipe do Bahia no último domingo, diante do Cruzeiro, o volante Juninho foi o entrevistado desta quarta-feira, na sala de imprensa do Fazendão. O jogador, que substituiu Renê Júnior na última partida, já fez projeções para o duelo do próximo domingo, contra o Grêmio. ?Acho que o Bahia precisa encarar como se fosse [?]

18:30 | 20/09/2017

Titular da equipe do Bahia no último domingo, diante do Cruzeiro, o volante Juninho foi o entrevistado desta quarta-feira, na sala de imprensa do Fazendão. O jogador, que substituiu Renê Júnior na última partida, já fez projeções para o duelo do próximo domingo, contra o Grêmio.

?Acho que o Bahia precisa encarar como se fosse uma decisão. Não podemos mais perder pontos bobos, ainda mais dentro de casa. Então domingo temos que fazer um grande jogo para conquistar os três pontos?, disse.

Ele ainda acredita que o Tricolor é capaz de acabar com a fase ruim caso volte a apresentar a entrega de outrora. Para isso, prometeu dar o máximo para vencer a partida na Arena Fonte Nova.

?A gente fala muito que dentro de campo suávamos sangue, era nossa identidade. Então vamos fazer de tudo para voltar a ter isso já neste domingo. Temos grande jogadores no elenco e só depende da gente?, acrescentou.

Com uma marca expressiva para quem é volante, afinal são 16 gols com a camisa do Bahia, Juninho tenta alcançar Fahel, volante que atuou pelo Tricolor entre 2011 e 2014 e balançou as redes em 25 oportunidades. Além disso, ele está próximo de alcançar a marca de 100 jogos.

?É sempre bom ter bons números dentro da equipe. Vou ficar muito feliz chegando na marca de 100 jogos. Não é qualquer jogador que faz 100 jogos pela equipe do Bahia, então, estou muito feliz de estar perto desta marca. Se eu conseguir atingir esta meta de 25 gols, que o Fahel atingiu, vou ficar muito feliz de estar fazendo história no Bahia?, finalizou.

Gazeta Esportiva

TAGS