PUBLICIDADE
Futebol

Ozil pode chegar de graça ao Manchester United em julho de 2018

Titular absoluto de Arséne Wenger no Arsenal, o meio-campista Mesut Ozil vive situação indefinida no clube inglês e as chances de uma saída sem custos ao final do vínculo, em julho de 2018, começam a ficar mais evidentes a cada reunião com a diretoria dos Gunners. A dificuldade para um acordo de renovação pode estar [?]

15:45 | 14/09/2017

Titular absoluto de Arséne Wenger no Arsenal, o meio-campista Mesut Ozil vive situação indefinida no clube inglês e as chances de uma saída sem custos ao final do vínculo, em julho de 2018, começam a ficar mais evidentes a cada reunião com a diretoria dos Gunners. A dificuldade para um acordo de renovação pode estar relacionada com o treinador do rival Manchester United, José Mourinho, que acena com a possibilidade de contratar o meia alemão ao final do seu contrato.

A informação divulgada nesta quinta-feira pelo jornal alemão Bild dá conta de que a operação entre o jogador e o técnico já existe e um pré-contrato pode ser assinado em dezembro deste ano, seis meses antes do final do vínculo. Mourinho e Ozil trabalharam juntos no Real Madrid e a boa relação pode facilitar a transferência, já que o o atual clube do atleta não estaria envolvido nas negociações

Contratado em 2013 pelo Arsenal, Ozil realizou 165 partidas, marcou 23 gols e ganhou três Copas da Inglaterra. Apesar da titularidade, os questionamentos sobre o comprometimento e o futebol mostrado pelo meia deixaram a relação com o torcedor estremecida. Segundo a imprensa inglesa, uma proposta de renovação com bases salarias que chegariam aos 10 milhões de euros (cerca de R$37 milhões) foi recusada pelo jogador.

Caso o negócio seja concretizado, Ozil fará o mesmo caminho que Van Persie, quando deixou os Gunners para se juntar ao United, em 2012.

 

 

Gazeta Esportiva

TAGS