Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Júnior Tavares desfalca treino leve em reapresentação do São Paulo

Ainda amargando o empate do Majestoso, o São Paulo se reapresentou na ensolarada manhã desta terça-feira, no CCT da Barra Funda. Com uma indisposição estomacal, Júnior Tavares não participou do leve treinamento que o técnico Dorival Júnior comandou. O lateral esquerdo, no entanto, não é motivo de preocupação para o duelo com o Sport, domingo, [?]
12:45 | Set. 26, 2017 Autor - Tipo Notícia

Ainda amargando o empate do Majestoso, o São Paulo se reapresentou na ensolarada manhã desta terça-feira, no CCT da Barra Funda. Com uma indisposição estomacal, Júnior Tavares não participou do leve treinamento que o técnico Dorival Júnior comandou.

O lateral esquerdo, no entanto, não é motivo de preocupação para o duelo com o Sport, domingo, no Morumbi, já que, de qualquer forma, terá de cumprir suspensão automática pelo acúmulo de cartões amarelos. Assim, a tendência é que Edimar recupere a posição diante dos pernambucanos.

Debaixo de muito sol, Dorival dividiu o elenco em quatro equipes que se enfrentaram em espaço reduzido na metade de um dos campos do CT. O treinador misturou titulares e reservas, e não confirmou o time que irá duelar com o Sport.

Sidão e Denis, além de outros dois goleiros da base, participaram normalmente da atividade. Renan Ribeiro, recuperado de uma tendinite no joelho direito, treinou sem restrições durante o trabalho exclusivo para goleiros e depois exercitou a parte física separado dos demais, correndo em volta do gramado.

A atividade durou cerca de meia-hora para os titulares do clássico contra o Corinthians, mas continuou por aproximadamente mais 20 minutos para os reservas. Satisfeito com o desempenho do São Paulo no Majestoso, Dorival tende a manter o esquema e armar o time com Sidão; Éder Militão, Arboleda, Rodrigo Caio e Edimar; Petros; Marcos Guilherme, Cueva, Hernanes e Lucas Fernandes; Lucas Pratto.

Passadas 25 rodadas, o São Paulo ocupa o 17º lugar, com 28 pontos ganhos. Uma vitória sobre o Sport, que é o 14º colocado, com 30 pontos, garante a saída da zona de rebaixamento. O Tricolor dará sequência à preparação para o confronto direto da parte de baixo da tabela na manhã desta quarta-feira, no CCT da Barra Funda.

Gazeta Esportiva

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Para o Clássico-Rei, veja os retornos e desfalques do Ceará

Elenco Alvinegro
2021-07-30 10:42:07 Autor Horácio Neto Tipo Notícia

O Ceará faz os últimos preparativos para o Clássico-Rei deste domingo, 1º, pelo Campeonato Brasileiro. O Alvinegro terá o retorno de um lateral direito de ofício, o Buiú, mais o volante Marlon e o meia Mendoza, acertou com STJD o pagamento de R$ 40 mil em doações para cumprir a metade que faltava da suspensão. Além do colombiano, os outros dois atletas punidos pelo Tribunal, Gabriel Dias está autorizado para retornar, mas é dúvida por lesão, e Jael continua sem poder ser relacionado.

Após jogar no empate contra o Sport sem um lateral de origem, obrigando Guto Ferreira a escalar Fabinho de forma improvisada, o Vovô terá o retorno de Buiú depois de cumprir suspensão pelo terceiro amarelo. Gabriel Dias, a principal opção pelo lado direito, apesar de autorizado a entrar em campo, é dúvida para o clássico. O defensor está no período de transição pois sofreu uma tendinite patelar no joelho direito. 

|Leia mais| 

Ainda sobre o departamento médico, Oliveira e Klaus estão em recuperação. O volante está em processo de tratamento do púbis, enquanto o zagueiro sofreu uma lesão no ombro durante o treino e precisará passar por cirurgia.

Sobre os suspensos na rodada passada, Jael continua de fora e ainda faltam dois jogos para volta a ser relacionado. Já Mendoza retornou devido ao pagamento em doações e estará apto para o clássico. Marlon também voltou ao cumprir suspensão pelo terceiro amarelo.

O reforço Airton foi apresentado na quinta-feira, 29, mas já havia estreado no empate sem gols contra o Sport. O atacante afirmou que pode fazer a função de centroavante e é um dos que pode estar entre a opções de Guto Ferreira. Erick, outra novidade no elenco alvinegro, ainda não poderá vestir a camisa do Vovô por não estar regularizado.

O Ceará enfrentará o rival neste domingo, 1º, às 20h30min, na Arena Castelão, em jogo válido pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Vovô é o sétimo colocado com 19 pontos, enquanto o Leão é o terceiro com 24.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Bolsonaro diz que vai manter auxílio emergencial se pandemia continuar

ECONOMIA
2021-07-30 10:35:33 Autor Agência Estado Tipo Notícia

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que, se a pandemia da covid-19 permanecer no Brasil, o governo federal planeja manter o auxílio emergencial para a população. "A gente espera que, com a vacina e com a questão da pandemia sendo dissipada, não seja mais preciso isso (auxílio emergencial) mas, se porventura continuar, nós manteremos o auxílio emergencial", declarou o presidente, sem dar maiores detalhes, em entrevista à 89 FM (SP), na manhã desta sexta-feira (30).
A fala representa uma mudança de discurso do chefe do Executivo, que durante todo o ano passado criticou o beneficio, à época, no valor de R$ 600. Bolsonaro inclusive chegou a declarar que gostaria de destinar o valor usado para pagar o auxílio para o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, investir em obras públicas. Em diversas declarações, Bolsonaro argumentou que manter o auxílio "quebraria o País", e que o governo não poderia manter o benefício por muito tempo pois ele só aumentava a dívida da União. A resistência do Executivo em estender o auxílio, mesmo com valores mais baixos, levou o benefício a ser suspenso nos primeiros três meses do ano.
Apesar da possibilidade de extensão, conforme o presidente avalia, a "economia formal está indo bem", mas benefícios como auxílio emergencial e o Bolsa Família devem ser analisados, uma vez que gastam grande quantidade de dinheiro público. "Temos que pensar nisso, e gastar dinheiro nisso, ou se endividar, o que é a palavra mais correta, para atender aos mais necessitados até que a economia volte a ser normalizada", declarou Bolsonaro, que afirmou que hoje terá mais uma reunião com a Economia onde será acertado o novo valor do Bolsa Família.
Bolsonaro reforçou que o governo deve apresentar até o início de agosto uma medida provisória (MP) reformulando programas sociais e que o benefício médio do novo Bolsa Família deve subir 50% ou mais, diante da inflação. Hoje, o Bolsa Família paga, em média, cerca de R$ 190 por família. Com 50% de reajuste, esse valor chegaria a R$ 285.
Com tom otimista para a vacinação, o chefe do Executivo manteve a promessa feita pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, de que a vacinação no País deve ser finalizada até o final do ano. "Nossa programação foi bem feita e está sendo executada", afirmou o presidente. Mesmo reconhecendo o progresso da campanha de vacinação nacional, Bolsonaro reiterou que a imunização não será obrigatória à população.
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Taxa de informalidade no mercado de trabalho sobe para 40%, diz IBGE

Economia
2021-07-30 10:35:22 Autor Agência Brasil Tipo Notícia

A taxa de informalidade no mercado de trabalho do país subiu para 40% da população ocupada no trimestre finalizado em maio de 2020. O dado, da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, foi divulgado hoje (30) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Segundo o IBGE, entre os 86,7 milhões de pessoas ocupadas no Brasil, 34,7 milhões eram trabalhadores sem carteira assinada, pessoas que trabalham por conta própria sem CNPJ e aqueles que trabalham auxiliando a família.

A taxa de informalidade de maio é superior aos 39,6% do trimestre imediatamente anterior (encerrado em fevereiro deste ano) e aos 37,6% do trimestre findo em maio de 2020.

O número de empregados com carteira de trabalho assinada no setor privado foi de 29,8 milhões de pessoas, uma queda de 4,2% (menos 1,3 milhão de pessoas) frente ao mesmo período de 2020.

Já os empregados sem carteira assinada no setor privado somaram 9,8 milhões de pessoas, contingente 6,4% maior (mais 586 mil pessoas) ante a igual trimestre de 2020.

Os trabalhadores por conta própria chegaram a 24,4 milhões), 3% acima do frente ao trimestre anterior (mais 720 mil pessoas) e 8,7% superior (mais 2 milhões de pessoas) ao trimestre findo em maio de 2020.

Subutilização

A população subutilizada, isto é, os desempregados, aqueles que trabalham menos do que poderiam e as pessoas que poderiam trabalhar mas não procuram emprego, chegou a 32,9 milhões de pessoas, estável em relação a fevereiro deste ano mas 8,5% superior a maio de 2020 (mais 2,6 milhões de pessoas).

A taxa de subutilização ficou em 29,3% em maio deste ano, estável em relação a fevereiro deste ano e superior aos 27,5% de maio de 2020.

A população subocupada por insuficiência de horas trabalhadas (7,36 milhões de pessoas) foi recorde da série histórica iniciada em 2012, com altas de 6,8% (mais 469 mil pessoas) ante fevereiro deste ano e de 27,2% (mais 1,6 milhão de pessoas) na comparação com maio de 2020.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Vôlei de praia: Evandro e Bruno vencem poloneses e avançam na Olímpiada em primeiro da chave

tóquio 2020
2021-07-30 10:35:00 Autor Júlia Duarte Tipo Notícia

A dupla brasileira, Evandro e Bruno Schmidt, segue invicta, com 100% de aproveitamento, ao ganharem dos poloneses Michal Bryl e Grzegorz Fijalek, por 2 sets a 1. Os brasileiros conseguiram a vitória de virada nesta sexta-feira, 30, no grupo E do vôlei de praia masculino dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. 

Bruno e Evandro chegaram ao jogo com duas vitórias, na estreia contra os chilenos Esteban Grimalt e Marco Grimalt por 2 a 1, e contra os marroquinos, por 2 sets a 0. Os poloneses chegaram no jogo também após duas vitórias partidas e lideravam o Grupo E do vôlei de praia.

LEIA MAIS: Evandro e Bruno estreiam no vôlei de praia com vitória sobre dupla chilena

Com o resultado, a dupla brasileira avançou para as oitavas de final em primeiro lugar do grupo e esperam outros resultados para conhecerem os adversários. No vôlei de praia, as duas duplas melhores de cada chave e os dois melhores terceiros colocados avançam diretamente às oitavas. Os outros quatro terceiros participam de uma repescagem e passam dois.

O jogo

A partida começou equilibrada e seguiu com um placar acirrado. Ambas as equipes não conseguiram abrir vantagem. O Brasil teve uma boa fase brasileira abrindo 10 a 7. Os poloneses foram buscar o empate e viraram, fechando com 21 a 19.

A dupla brasileira voltou para o segundo set e sobrou com parcial de 21 a 14. Os dois chegaram a abrir uma vantagem de 15 a 6 e, com um ritmo forte e erros dos poloneses, os brasileiros apenas administraram o jogo. 

O último foi apertado, com as duplas disputando ponto a ponto. Os poloneses tiveram um match point, mas os brasileiros salvaram a partida, conseguindo um ponto de saque e bons ataques. A partida terminou em 17 a 15.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Adolescente com deficiência entra para grupo prioritário de vacinação

Saúde
2021-07-30 10:35:00 Autor Agência Brasil Tipo Notícia

O Governo Federal incluiu definitivamente gestantes, puérperas e lactantes, com ou sem comorbidade, no grupo prioritário de imunização contra a covid-19. A alteração na Lei 14.124, que trata do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação foi publicada Diário Oficial da União desta sexta-feira (30).

Pela norma, crianças e os adolescentes com deficiência permanente, com comorbidade ou privados de liberdade também passam a fazer parte do grupo prioritário de vacinação contra covid-19 "conforme se obtenha registro ou autorização de uso emergencial de vacinas no Brasil para pessoas com menos de 18 anos de idade".

A inclusão de gestantes e adolescentes no grupo foi motivada por uma decisão do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), que determinava ao Ministério da Saúde a análise da inclusão dos adolescentes no Plano Nacional de Imunização (PNI). Mendes argumentou que, diante da existência de adolescentes com comorbidades e da adequação da vacina da Pfizer a esse público, não faria sentido limitar a vacinação apenas a maiores de idade.

A vacina contra a covid-19 da Pfizer foi a primeira a receber o registro definitivo no Brasil. Em junho, o imunizante da farmacêutica americana contra o novo coronavírus, primeiro a ter registro definitivo no Brasil, obteve o aval da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para aplicação em grupos com 12 anos de idade ou mais.

Na última terça-feira (27), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse que assim que for concluída a vacinação de maiores de 18 anos, o Brasil iniciará a vacinação de adolescentes com idades entre 12 e 17 anos.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags