PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Oliveira refuta Santos preso à vantagem na Liberta: ?Nada definido?

Após o empate em 1 a 1 no jogo de ida, no Equador, o Santos carrega uma pequena vantagem para o duelo de volta contra o Barcelona de Guaiaquil, na próxima quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), na Vila Belmiro, pelas quartas de final da Libertadores. Uma vitória simples ou um empate em 0 a 0 [?]

07:45 | 19/09/2017

Após o empate em 1 a 1 no jogo de ida, no Equador, o Santos carrega uma pequena vantagem para o duelo de volta contra o Barcelona de Guaiaquil, na próxima quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), na Vila Belmiro, pelas quartas de final da Libertadores.

Uma vitória simples ou um empate em 0 a 0 garantem o Peixe na semifinal. Para Ricardo Oliveira, porém, a equipe comandada por Levir Culpi não pode se prender ao bom resultado conquistado no Equador e precisa manter o estilo de jogo para confirmar a classificação.

?Entendemos que temos uma vantagem, mas que o jogo não está nada definido. Seremos fiéis ao nosso jogo, ao nosso estilo, porque nós queremos passar para a semifinal. Vamos com toda concentração, sem perder o foco, sabendo da dificuldade e respeitando o adversário. Com certeza será um jogo difícil, mas a gente vai em busca da vitória e da classificação. Daremos o máximo para conseguir isso?, afirmou Oliveira ao site oficial do Peixe.

Descansado após ter sido poupado contra o Botafogo, no último sábado, pelo Campeonato Brasileiro, o centroavante garante estar ?zerado? para a decisão da Libertadores.

?Estou prontíssimo. Por decisão da comissão técnica, eu e outros companheiros ficamos fora da última partida. A ideia era de recuperar a gente. Eu pude fazer isso muito bem na minha casa e depois vir treinar no CT no sábado. Aproveitei tudo o que o Santos tem de estrutura, que proporciona para nós a parte de recuperação. Estou zerado, só pensando no jogo de quarta-feira?, completou.

Na tarde desta terça, o camisa 9 participa do último treino antes do confronto decisivo com os equatorianos. A atividade terá portões fechados à imprensa.

Gazeta Esportiva

TAGS