PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Neymar lamenta ?momento de angústia e decepção? de Coutinho

O atacante Neymar apoia Philippe Coutinho como o seu sucessor no Barcelona. O meia está tentado a se transferir para o clube catalão, que já fez diversas investidas vultuosas por sua contratação, mas esbarra nos planos do Liverpool de mantê-lo na Inglaterra. ?Infelizmente, em uma hora que era para ser de felicidade para ele e [?]

09:15 | 01/09/2017

O atacante Neymar apoia Philippe Coutinho como o seu sucessor no Barcelona. O meia está tentado a se transferir para o clube catalão, que já fez diversas investidas vultuosas por sua contratação, mas esbarra nos planos do Liverpool de mantê-lo na Inglaterra.

?Infelizmente, em uma hora que era para ser de felicidade para ele e a família, vem esse momento de angústia e decepção por alguns motivos?, comentou Neymar, que fez amizade com Coutinho nas categorias de base da Seleção Brasileira. ?Desejo o melhor para ele. Gosto de vê-lo feliz. Além de companheiro, é um amigo de longa data.?

Com a experiência de quem irritou torcedores do Barcelona ao aceitar os altos valores oferecidos pelo Paris Saint-Germain, Neymar sabe que Coutinho se envolveu em polêmica em Liverpool. O amigo alegou dores nas costas e desfalcou o time inglês nos primeiros jogos da temporada em meio às negociações com o clube catalão, mas se apresentou normalmente à Seleção Brasileira.

Sem ritmo de jogo, Coutinho foi reserva do também meia Willian na vitória por 2 a 0 sobre o Equador, na quinta-feira, na Arena do Grêmio. Ele substituiu Renato Augusto no segundo tempo e mudou a partida, anotando o segundo gol brasileiro após uma bela tabela com o centroavante Gabriel Jesus.

?Hoje, ele foi recompensado com o gol. Foi a alegria dele e a nossa também?, sorriu Neymar. Gabriel Jesus fez coro com o companheiro de ataque: ?Fico feliz pelo gol ter sido do Coutinho, pelo momento que está vivendo?.

Gabriel Jesus, no entanto, não pôde comemorar junto com Coutinho. O jogador do Manchester City sofreu uma pancada depois de aplicar um chapéu no seu marcador e fazer a assistência, ficando caído no gramado.

?Não vi nada porque estava sem ar, quase me afogando?, brincou Jesus, discordando de que Coutinho tenha aproveitado o gol para extravasar contra os seus críticos. ?É normal. É gol. O Coutinho é atacante e gosta de fazer gol, então tem que comemorar muito mesmo. Não tem nada a ver.?

Gazeta Esportiva

TAGS