PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Maycon elogia ex-parceiro Marciel e vê lado esquerdo sempre forte

Dupla foi campeã da Copa São Paulo atuando lado a lado

07:45 | 05/09/2017

O volante Maycon ainda era um novato ao lado do mais experiente Marciel, contratado de uma equipe do Sul e estrela do time sub-20 do Corinthians, quando formou a dupla de volantes campeã da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2015. Parceiro de longa data do agora lateral esquerdo, que briga para ser o possível substituto de Guilherme Arana no clássico contra o Santos, às 16h (de Brasília), na Vila Belmiro, o camisa 8 confia na capacidade do amigo.

?Desde a semana passada foi liberado, é um grande jogador que vinha fazendo bons treinos, mas teve esse probleminha e não pôde mais ser relacionado?, comentou Maycon, que fez o gol do título na final do torneio, contra o Botafogo-SP, e, apesar de ser dois anos mais novo, acabou ?atropelando? Marciel na transição para o profissional, algo comum quando se trata das categorias de base.

Visto como uma das joias mais promissoras das divisões inferiores do Alvinegro, Marciel teve problemas de disciplina sob a batuta de Tite, mas conta com a confiança tanto do técnico Fábio Carille quanto do auxiliar Osmar Loss. O comandante, por exemplo, o colocou como titular pouco depois do seu retorno do empréstimo para o Cruzeiro, no ano passado, no revés por 2 a 0 contra o Botafogo, no Rio.

À época fora de forma, Marciel passou por um recondicionamento físico e ganhou algumas chances para atuar na pré-temporada, além de ser titular na estreia da Copa do Brasil, contra a Caldense. Depois, porém, Moisés retomou condições de jogo e, na sequência, Arana voltou da Seleção sub-20 para reinar no setor. Sem ser relacionado desde maio, por conta de um medicamento tomado por conta própria, ele está liberado dessa vez.

?Moisés também vem fazendo um bom trabalho nos treinos. O que o professor optar, Arana, Marciel ou Moisés, vai procurar nos ajudar a fazer um grande jogo?, explicou Maycon, que espera a evolução da recuperação do camisa 13 para saber se contará com ele em campo. A expectativa é que, nesta terça, Arana trabalhe no gramado pela primeira vez desde que estirou o músculo reto femoral da perna direita.

?Fico feliz por estar participando efetivamente desse setor. Não estamos tomando gol e conseguindo fazer algumas boas jogadas. Estamos conseguindo explorar bem esse lado, até com a ajuda do Jô que vem fazer o pivô, Gabriel ou Camacho e Rodriguinho também encostam, isso faz fluir mais esse lado?, avaliou Maycon, citando as características de cada um dos integrantes daquela latetal.

?Ficamos felizes por participar de um lado bom. Sobre a questão de jogadores, mudamos um pouco só. Moisés é mais força, Marciel mais técnico, Arana um pouco mais avançado. Muda pouco de um para o outro. O Arana já está mais adaptado à linha defensiva, ao jogo. Com o Arana ganharia mais, até pelo entrosamento que a gente tem. Mas qualquer um que jogar vai nos ajudar bastante?, concluiu.

Gazeta Esportiva

TAGS