PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

John Terry chama Diego Costa de amigo e deseja boa sorte no Atlético de Madrid

  De malas prontas para a Espanha, Diego Costa recebeu mais uma mensagem positiva sobre sua passagem pelo Chelsea. O atacante anunciou seu retorno para o Atlético de Madrid, equipe onde teve seu melhor momento no futebol europeu, e depois do treinador Antonio Conte, foi a vez do ex-jogador e ídolo do Chelsea, John Terry, [?]

13:15 | 22/09/2017

 

De malas prontas para a Espanha, Diego Costa recebeu mais uma mensagem positiva sobre sua passagem pelo Chelsea. O atacante anunciou seu retorno para o Atlético de Madrid, equipe onde teve seu melhor momento no futebol europeu, e depois do treinador Antonio Conte, foi a vez do ex-jogador e ídolo do Chelsea, John Terry, desejar boa sorte para o novo desafio do brasileiro naturalizado espanhol.

?Boa sorte Diego Costa na tua próxima jornada meu amigo. És um jogador inacreditável e uma das melhores pessoas e mais engraçadas que conheci no futebol. Jogar contra ti num treino ou numa partida era um autêntico pesadelo. És um dos melhores jogadores e mais subestimados que defrontei. Deste tudo pelo nosso clube sempre que usaste a camisola do Chelsea. Vou sentir a tua falta amigo. Boa sorte para ti e para a tua família?, ressaltou o ex-capitão dos Blues.

Em aproximadamente 20 anos de carreira, Terry se tornou um dos grandes ídolos da história do Chelsea. Em 717 partidas, o zagueiro teve 67 gols e conquistou impressionantes 17 títulos, destaque para os cinco Campeonatos Ingleses e a Liga dos Campeões na temporada 2011/2012, primeira e única na história do clube londrino. As ótimas atuações pelos Blues fizeram com que o defensor fosse constantemente convocado pela seleção inglesa, onde teve 78 partidas e seis gols.

Além disso, o zagueiro inglês se destacou pelos prêmios individuais. De 2005 até 2009, Terry foi eleito como parte da FIFA World XI , quando a entidade elege os melhores jogadores de cada posição de cada ano. O atleta também foi eleito como jogador do ano do Chelsea em 2001 e em 2006 e esteve presente na Seleção da Copa do Mundo da Fifa também em 2006.

 

Gazeta Esportiva

TAGS