PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Guedes reencontra primeiro rival e vê invencibilidade como motivação no Santos

Com a cabeça na Libertadores, o Santos poupará praticamente todo o time titular no duelo contra o Botafogo, neste sábado, às 19h (de Brasília), no Engenhão, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. Entre os reservas que ganharão uma oportunidade está Daniel Guedes. O lateral-direito entrará na vaga de Victor Ferraz justamente contra um velho conhecido. [?]

09:15 | 16/09/2017

Com a cabeça na Libertadores, o Santos poupará praticamente todo o time titular no duelo contra o Botafogo, neste sábado, às 19h (de Brasília), no Engenhão, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. Entre os reservas que ganharão uma oportunidade está Daniel Guedes.

O lateral-direito entrará na vaga de Victor Ferraz justamente contra um velho conhecido. Afinal, em novembro de 2014, Guedes fez sua estreia entre os profissionais do Peixe justamente contra o Botafogo, na penúltima rodada do Brasileirão. Na oportunidade, a vitória santista por 2 a 0 decretou o rebaixamento do time carioca para a Série B.

Quase três anos depois, o lateral reencontra o Fogão buscando mais oportunidades entre os titulares do Alvinegro da Vila. E no duelo deste sábado, Guedes acredita que a invencibilidade de 17 partida serve como motivação.

?É importante essa sequência invicta, principalmente para nós, que somos mais novos. A gente quer manter essa invencibilidade e conquistar uma vitória que será importante para o Santos na competição, além de mostrar para o treinador que todo nós estamos à disposição?, explicou o lateral.

?O espírito é o mesmo do quem vem jogando direto. Trabalhamos para aproveitar essas oportunidades que aparecem. Elas estão aparecendo e temos que entrar para fazer um bom jogo, buscar a vitória. O entrosamento não é igual, mas temos de superar isso dentro de campo?, concluiu Guedes.

O único titular do Santos neste sábado será Vanderlei. Além do goleiro, o Peixe terá Daniel Guedes, Luiz Felipe, Fabián Noguera e Orinho; Leandro Donizete, Léo Cittadini e Jean Mota; Thiago Ribeiro, Vladimir Hernández e Kayke.

 

Gazeta Esportiva

TAGS