PUBLICIDADE
Futebol

Em retorno, Thales destaca: “Não podemos recusar o Inter”

O zagueiro Thales está de volta ao Internacional. O jogador de 24 anos, que estava emprestado ao CSA-AL, treinou com o elenco colorado nesta quarta-feira no CT Parque Gigante. O atleta ainda aguarda a publicação do nome no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF para ficar à disposição do técnico Guto Ferreira. Após os trabalhos […]

21:45 | 13/09/2017

O zagueiro Thales está de volta ao Internacional. O jogador de 24 anos, que estava emprestado ao CSA-AL, treinou com o elenco colorado nesta quarta-feira no CT Parque Gigante. O atleta ainda aguarda a publicação do nome no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF para ficar à disposição do técnico Guto Ferreira.

Após os trabalhos do dia, Thales concedeu entrevista coletiva e falou sobre o retorno ao clube gaúcho. O zagueiro estava em evidência no CSA-AL, sendo titular absoluto na defesa do time alagoano e com a equipe classificada para as quartas de finais da Série C. Durante a conversa com os jornalistas, o jogador ressaltou diversas vezes que não tinha como rejeitar um pedido do Inter.

“Um chamado do Inter a gente não pode recusar. Fiquei muito feliz com o chamado, mas triste também por deixar o CSA numa situação em que a gente estava para disputar o primeiro mata-mata para o acesso à Série B. Então, fico um pouco triste, mas um chamado do Inter a gente não pode recusar”, disse.

A especulação sobre o retorno do jogador ao Colorado surgiu dias depois que o zagueiro titular Klaus sofreu uma fratura no osso rádio do braço esquerdo e teve que ser submetido a uma cirurgia. Sobre qual lado da defesa prefere jogar, Thales se colocou à disposição para ambas posições.

“Eu tenho a preferência por jogar pela direita. Vinha atuando pela direita, mas já joguei no Inter e no CSA pelo lado esquerdo. Então, o que o professor achar eu vou estar disponível para qualquer um dos lados”, afirmou.

Thales subiu da base colorada em 2015 com quando o Internacional era comandado por Abel Braga. Na oportunidade, o zagueiro disputou apenas duas partidas pelo Campeonato Gaúcho. Em 2016, o jogador foi emprestado ao Bahia, onde foi campeão Baiano e vice-campeão da Copa do Nordeste. Antes de ir para o CSA-AL, o atleta ainda defendeu o Atlético-GO, no qual fez parte do elenco campeão da Série B em 2016. Após esta rodagem, Thales acredita ter evoluído em comparação com 2015.

“Fui muito feliz onde passei. Consegui conquistar títulos e adquirir bastante experiência. O Thales que vem hoje é mais maduro, mais experiente, mais centrado. Pelo momento que estou vivendo, está é a chance da minha carreira, mas eu também não posso pensar que está vai ser a última chance. Tenho 24 anos apenas, quero conquistar coisas aqui, espero dar o meu melhor aqui para me firmar e continuar aqui por muitos anos”, contou.

Gazeta Esportiva