PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Drama na defesa do Flu permanece para choque no Equador

Passada a derrota de 3 a 1 para o Atlético-PR, pelo Campeonato Brasileiro, o Fluminense volta as suas baterias para o confronto com a LDU nesta quinta-feira, no Equador, em duelo válido pela rodada de volta das oitavas de final da Copa Libertadores. Depois de ter vencido por 1 a 0 no Rio de Janeiro, [?]

12:30 | 18/09/2017

Passada a derrota de 3 a 1 para o Atlético-PR, pelo Campeonato Brasileiro, o Fluminense volta as suas baterias para o confronto com a LDU nesta quinta-feira, no Equador, em duelo válido pela rodada de volta das oitavas de final da Copa Libertadores. Depois de ter vencido por 1 a 0 no Rio de Janeiro, o Tricolor joga por um empate em território equatoriano para conseguir avançar. Uma derrota por um gol de diferença também vale, mas a partir de 2 a 1, já que os tentos anotados como visitante valem para critério de desempate.

Apesar desta vantagem, o Fluminense se prepara para um verdadeiro drama. Isso porque deverá mais uma vez sofrer com uma série de problemas, principalmente em seu sistema defensivo. A dupla de zaga considerada titular já teve a sua ausência confirmada pelo técnico Abel Braga. Henrique sofre com dores na coxa esquerda e Renato Chaves com incômodo na panturrilha esquerda, sendo assim, estão vetados pelo departamento médico.

?Infelizmente estamos enfrentando essa série de situações. Vamos ver com quem vamos poder contar para este jogo no Equador?, disse Abel.

Assim, o treinador mais uma vez terá que apostar em uma dupla de zaga jovem, composta por Frazan e Nogueira. A boa notícia na defesa é a volta do lateral-direito Lucas, que cumpriu suspensão diante do Atlético e reaparece. O volante equatoriano Jefferson Orejuela, com dores na coxa esquerda, ainda está em processo de avaliação. Preservado contra o Furacão, o volante Douglas deverá ser relacionado.

Quem sequer viajará com a delegação é o atacante Henrique Dourado, que cumpre suspensão por ter sido advertido com o terceiro cartão amarelo na partida de ida. Robinho, que cumpriu suspensão diante do Atlético-PR, deve ser a opção para o setor.

O elenco do Fluminense participou de um trabalho regenerativo nesta segunda-feira e nesta terça-feira a delegação embarca para o Equador, onde na quarta-feira o plantel fará o reconhecimento do gramado do Estádio Casa Blanca, palco do duelo contra a LDU. Os dois times já se enfrentaram em duas finais continentais, na decisão da Libertadores de 2008 e da próprio Sul-Americana de 2009. Em ambas a LDU deu a volta olímpica.

Gazeta Esportiva

TAGS