Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Diretoria do Coxa emite nota e fala em intervenção

A derrota de virada para o Botafogo, em casa, deixou o Coritiba em condição ainda pior na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro e, pior do que isso, escancarou de vez a crise no Alto da Glória, já que o torcedor perdeu a paciência com a diretoria, time e até como técnico Marcelo Oliveira. Os [?]
21:30 | Set. 25, 2017
Autor O Povo
Foto do autor
O Povo Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A derrota de virada para o Botafogo, em casa, deixou o Coritiba em condição ainda pior na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro e, pior do que isso, escancarou de vez a crise no Alto da Glória, já que o torcedor perdeu a paciência com a diretoria, time e até como técnico Marcelo Oliveira.

Os dirigentes, preocupados com a situação do time na competição, divulgaram uma nota oficial prometendo tomar algumas atitudes e até mesmo falando sobre uma intervenção mais dura em caso de novos tropeços. Isso poderia ser entendido como um recado para a comissão técnica coxa-branca, que agora balança.

Já são seis jogos seguidos do Coxa sem uma vitória sequer. O próximo desafio está marcado para sábado, um duelo direto diante do Bahia, na Rena Fonte Nova, em Salvador.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Confira a nota da diretoria:

Caros associados e torcedores do Coritiba Foot Ball Club,

Vivemos um momento de resultados ruins em campo que têm gerado um sentimento de angústia e descontentamento de todos aqueles que amam e torcem pelo Coxa. Após um bom primeiro semestre e início de primeiro turno do Campeonato Brasileiro, nosso momento do Brasileirão está muito abaixo daquilo que esta equipe pode nos dar.

Neste momento, o primeiro ponto a destacar é com relação ao compromisso deste grupo diretor com a gestão administrativa e esportiva do clube, seja em sua frente de futebol de base ou na equipe principal. Enfrentar dificuldades era algo esperado. Sobre isto, poderíamos falar sobre as questões que tornam esta gestão difícil. Todavia, neste momento temos a obrigação de esclarecer sobre o acontecimento que mais interessa a nação coxa-branca: a falta de resultado em campo.

Desenvolvemos durante esta temporada um trabalho consciente. Planejamos a formação de nosso elenco considerando sempre as variáveis necessárias, financeiras, técnicas e o grau de acerto e erro na adaptação de qualquer time. A comissão técnica, quando necessário, substituímos. Fizemos isso buscando aquilo que indiscutivelmente há de melhor no cenário nacional.

Autocritica existe, cobrança interna existe e respeito ao sentimento dos sócios e torcedores é algo imprescindível. Mas nada foi feito a esmo. Por isto mesmo esta diretoria tem como obrigação acreditar neste time e no trabalho desenvolvido até agora. Manteremos o foco no trabalho atual, confiando e cobrando do elenco.

Se for necessário realizar qualquer tipo de intervenção, faremos, mas sobre perspectivas equilibradas. Nada é mais importante no atual momento do que o ambiente de trabalho daqueles que têm por obrigação profissional trazer resultados em campo.

Conselho Administrativo

Gazeta Esportiva

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags