PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Diego celebra retorno à Seleção e Tite exalta: ?A camisa não pesa?

Após ficar de fora da última lista, o meio-campista Diego voltou a figurar entre os convocados para defender a Seleção Brasileira nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018. De acordo com o técnico Tite, a desenvoltura do flamenguista com a camisa amarela foi crucial em sua decisão, sobrepondo-se ao seu momento de [?]

14:30 | 15/09/2017

Após ficar de fora da última lista, o meio-campista Diego voltou a figurar entre os convocados para defender a Seleção Brasileira nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018. De acordo com o técnico Tite, a desenvoltura do flamenguista com a camisa amarela foi crucial em sua decisão, sobrepondo-se ao seu momento de instabilidade no clube carioca.

?O Diego iniciou a temporada muito bem, as participações dele na Seleção, ele foi muito bem, é um armador, com função de articulação. Ele tem essa grande capacidade. Fora todo um passado, ele veste a camisa do Brasil e se sente confortável, ela não fica pesada, não inibe?, explicou o treinador, antes de lembrar o curto período até o Mundial da Rússia.

?A gente tem que aproveitar esse tempo. Estamos a nove meses da competição, e temos que ter jogadores preparados para adversidades. Pela função que exerce e a capacidade que tem, é um jogador que tem todas as condições de atuar em alto nível?, completou, em entrevista coletiva, nesta sexta-feira, na sede da CBF, no Rio de Janeiro.

Pouco depois da convocação, Diego foi à sala de imprensa do Ninho do Urubu para comemorar o feito e disse que a ?sensação é a mesma da primeira vez, quando fui chamado com 17 anos?.

?Sempre coloquei que meu objetivo é estar na Seleção, jogar na Copa. Significa que momentaneamente meu objetivo está cumprido. Estava, sim, na expectativa, pelas chances, pelo que o Tite vinha falando nas coletivas, é uma motivação gigantesca?, celebrou o meia de 32 anos.

Já classificado para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, o Brasil já tem o primeiro lugar das Eliminatórias Sul-Americanas garantido, com 37 pontos ganhos em 16 partidas. A Seleção encerra sua participação no torneio contra Bolívia, em La Paz, e Chile, no Palestra Itália, nos dias 5 e 10 de outubro, respectivamente.

Gazeta Esportiva

TAGS