PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Cueva se desculpa com Rodrigo Caio e não atribui má fase a proposta

Penúltimo colocado do Campeonato Brasileiro, o São Paulo segue com clima nada tranquilo. Nesta segunda-feira, o clube se reapresentou após o empate por 2 a 2 com a Ponte Preta, e o meia Cueva foi responsável por ?dar a cara a tapa? e conversar com os jornalistas. O peruano admitiu estar errado em polêmica com [?]

19:45 | 11/09/2017

Penúltimo colocado do Campeonato Brasileiro, o São Paulo segue com clima nada tranquilo. Nesta segunda-feira, o clube se reapresentou após o empate por 2 a 2 com a Ponte Preta, e o meia Cueva foi responsável por ?dar a cara a tapa? e conversar com os jornalistas. O peruano admitiu estar errado em polêmica com o companheiro Rodrigo Caio, e pediu desculpas ao zagueiro.

?Nós nos falamos por Whatsapp e, hoje, nos falamos pessoalmente. Foi uma boa conversa. Depois falamos com o grupo. Mas quero falar que o erro foi meu. Falaram que o Rodrigo falou de mim, mas não escutei, só vi a imprensa. Peço desculpas ao Rodrigo, que é um cara legal, e a todo grupo?, disse Cueva em entrevista coletiva nesta segunda.

A polêmica envolvendo Cueva e Rodrigo Caio teve início na última semana. Rodrigo Caio, em entrevista coletiva, cobrou o peruano, afirmando que ele teria ?de se ajudar e procurar melhorar?. Cueva, após o empate com a Ponte Preta no último final de semana, cutucou o companheiro. Ao ser questionado sobre o resultado de 2 a 2, o peruano disse: ?Fala com o Rodrigo Caio?.

O meio-campista e o zagueiro conversaram pessoalmente antes do treino do Tricolor, durante cerca de 30 minutos. Após se resolverem, Cueva e Rodrigo Caio participaram de reunião entre os jogadores do clube. A comissão técnica arquitetou o bate-papo, que durou 1 hora e meia. Presidente do clube, Leco também marcou presenta no CT da Barra Funda, mas não participou da reunião.

Quando questionado sobre o conteúdo da conversa com seus companheiros, Cueva foi rápido na resposta: ?isso não posso falar?. Ao final da entrevista, o peruano afirmou que não irá se esconder nos momentos ruins do clube.

Cueva vem sendo muito questionado por parte da torcida são-paulina, que cobra mais empenho do meia. O jogador peruano não atribuiu sua baixa de rendimento as propostas que teve de times estrangeiros. ?Falaram que eu tive proposta e estou chateado porque não saí, mas isso para mim é secundário. Cheguei ao São Paulo porque quis, porque sei o que representa. Proposta do estrangeiro será tratada internamente. Meu rendimento não caiu por conta disso, nunca me afetou?, explicou Cueva.

A reapresentação do São Paulo ficou marcada por reuniões de jogadores e dirigentes, e por um treino leve, de apenas uma hora e sem indícios do time que entra em campo no próximo final de semana, contra o Vitória, fora de casa.

* Especial para a Gazeta Esportiva

 

Gazeta Esportiva

TAGS