PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Carille não vê Jô abalado por polêmica do gol de braço

O técnico Fábio Carille negou que o centroavante Jô esteja abalado após a grande repercussão provocada pelo seu gol de braço diante do Vasco. Ele conta com uma boa atuação do seu artilheiro para superar o Racing na noite de quarta-feira, em Avellaneda, pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana. ?Espero o Jô muito bem. [?]

22:45 | 19/09/2017

O técnico Fábio Carille negou que o centroavante Jô esteja abalado após a grande repercussão provocada pelo seu gol de braço diante do Vasco. Ele conta com uma boa atuação do seu artilheiro para superar o Racing na noite de quarta-feira, em Avellaneda, pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana.

?Espero o Jô muito bem. Ele tem a cabeça muito boa e estava sendo o mesmo de sempre no hotel. Não vai ter problema algum. Vai entrar em campo e desempenhar o seu melhor?, confiou Carille.

Jô, no entanto, pareceu cabisbaixo durante a viagem do Corinthians à Argentina. O jogador foi duramente criticado por ter dito que não sabia se assegurara a vitória por 1 a 0 sobre o Vasco, no domingo, em Itaquera, com uma conclusão com o braço. Ainda mais porque, nas semifinais do Campeonato Paulista, havia sido beneficiado por um gesto de fair play do zagueiro são-paulino Rodrigo Caio, que o livrou de um cartão amarelo.

Para amenizar a situação, Jô fez um pronunciamento na manhã desta terça-feira, na concentração do Corinthians. Ao ouvir que o jogador se mostrara incomodado na ocasião, Carille cortou o assunto: ?Não vi a entrevista e não participei dela. Não sei. No dia a dia, está tudo normal?.

Os gols de Jô ? de pé, de cabeça ou até de braço ? são fundamentais para o Corinthians seguir na Sul-Americana. Como empatou por 1 a 1 com o Racing em Itaquera, o time de Fábio Carille estará eliminado se não balançar a rede neste meio de semana.

Gazeta Esportiva

TAGS