PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Bruno Henrique explica jejum de gols de fora da área no Palmeiras

Bruno Henrique tem como uma de suas principais características o chute de média e longa distância, mas não vem conseguindo aplicar esse recurso durante os jogos pelo Palmeiras. Em 11 jogos pelo Verdão, o volante anotou apenas um gol ? de cabeça, em duelo contra o Sport, na Arena Pernambuco. ?O gol ainda não saiu [?]

19:30 | 01/09/2017

Bruno Henrique tem como uma de suas principais características o chute de média e longa distância, mas não vem conseguindo aplicar esse recurso durante os jogos pelo Palmeiras. Em 11 jogos pelo Verdão, o volante anotou apenas um gol ? de cabeça, em duelo contra o Sport, na Arena Pernambuco.

?O gol ainda não saiu até em função do meu posicionamento. Tive poucas oportunidades de finalizar de fora da área, que é uma das minhas características. Mas isso é normal, com o tempo e com os treinos, vai aumentar o número de chances. Pretendo fazer vários gols assim pelo Palmeiras?, disse o atleta.

No atual esquema de jogo do Palmeiras, testado novamente nesta sexta-feira, em amistoso contra o Red Bull, Bruno Henrique atua como o volante mais recuado da equipe, dando liberdade para que Moisés e Tchê Tchê possam avançar.

?O entrosamento dos dois (Moisés e Tchê Tchê) veio de vários jogos que fizeram juntos e se destacaram juntos no ano passado. Mas com o tempo você vai vencendo, vai pegando confiança, entendendo como cada um joga? Dizemos até que você começa a jogar sem pensar, porque sabe o que o companheiro vai fazer. Os dois são muito talentosos, cabe a mim e ao Guerra também, que chegamos este ano, encontrar esse entrosamento como eles fizeram ano passado?, completou.

Sem jogo até o dia 9 de setembro, quando enfrentará o Atlético-MG em Belo Horizonte, o Palmeiras aproveita o tempo para treinar a equipe para o restante da competição. Essa pausa, segundo Bruno Henrique, veio em um bom momento, já que o time vem de vitória e tem tempo para trabalhar.

?Vem em um ótimo momento. Pela vitória e pelo tempo que vamos ter para trabalhar, com a equipe e as coisas que podemos melhorar. Esse tempo que vamos ter serve até o final do campeonato. Quem sabe a gente consiga dar uma arrancada muito boa?, finalizou o jogador.

Gazeta Esportiva

TAGS