PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Brigatti agradece confiança da diretoria e confia em reversão contra o Sport

A Ponte Preta tem uma difícil missão contra o Sport, no Moisés Lucarelli, nesta quarta-feira a noite. Sem Gilson Kleina, que deixou o comando da Macaca após alguns resultados indigestos, João Brigatti assumiu o comando interino do time de Campinas e já está confiante na possibilidade de reverter o resultado contra os pernambucanos, que fizeram [?]

14:15 | 20/09/2017

A Ponte Preta tem uma difícil missão contra o Sport, no Moisés Lucarelli, nesta quarta-feira a noite. Sem Gilson Kleina, que deixou o comando da Macaca após alguns resultados indigestos, João Brigatti assumiu o comando interino do time de Campinas e já está confiante na possibilidade de reverter o resultado contra os pernambucanos, que fizeram 3 a 1 sobre a Macaca no jogo de ida da Copa Sul-Americana.

?Agradeço a diretoria pela confiança no nosso trabalho, em poder comandar um jogo muito difícil contra o Sport pela Sul-Americana. Não é fácil, principalmente pela condição que nós nos encontramos. Mas, motivar, tem que ser da pessoa. Só de ser um profissional, atleta de futebol, e eu auxiliar técnico, tem que estar motivando todo dia para fazer isso. Se nós não tivermos o discernimento de que temos que trabalhar muito e não ter a coragem de jogar, aí está tudo entregue. Sabemos da responsabilidade desta partida, de reverter uma situação. Foi isso que passei ao grupo?, disse Brigatti.

O treinador também sofre com algumas ausências no time e, por isso, tem dificuldades para montar o elenco da forma que gostaria. ?Principalmente na Sul-Americana, em que se pode inscrever apenas 18 jogadores por partida, te limita demais. Mas dentro dessa limitação, eu vou procurar por os melhores, sob minha ótica, em campo. E dentro disso, passei para eles que a Ponte Preta é diferente e eles sabem disso. Vamos procurar mudar o ritmo do que tem acontecido até agora?, pontua o técnico, que falou sobre o goleiro João Carlos, que irá ser o titular na noite de hoje. ?Eu conversei muito com o João Carlos. Vejo que ele tem uma condição enorme de ser o titular da Ponte também. E de brigar frente a frente com o Aranha, que é o titular. Passe ia tranquilidade necessária a ele. Tenho certeza que ele vai realizar uma excelente partida. Contamos com ele e está aí a chance. É uma oportunidade que pode dar uma sequência na carreira dele?, reforçou.

Apesar de a vantagem ser do time de fora, Brigatti confia nas chances da Ponte de sair com o resultado após a partida. ?Sobre o adversário, Brigatti destaca. ?Já jogamos três vezes contra o Sport. Sabemos muito bem qual é a função tática dele. Eles vem em uma sequencia ruim de resultados, dentro do Campeonato Brasileiro, assim como nós, e o que mudou naquela partida de 3 a 1 na Ilha do Retiro, foi que eles se mobilizaram e tiveram uma atitude diferente. Pegaram uma equipe fragilizada como a nossa estava, e poderiam até ter matado já a partida. Mas o gol do Saraiva nos deu expectativa, um alento, em que podemos reverter o resultado. Vamos com calma, em busca do resultado positivo?, confia o técnico, que ressalta o que o torcedor da Ponte vai ver dos seus comandados?, finalizou.

A Macaca vai receber o Sport em Campinas, às 19h15 (de Brasília), em jogo válido pela volta das oitavas de final da Copa Sul-Americana.

Gazeta Esportiva

TAGS