PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Brasil culpa postura do Equador por dificuldades no primeiro tempo

A Seleção Brasileira chegou à sua nona vitória em nove jogos disputados sob o comando de Tite nas Eliminatórias para a Copa do Mundo diante do Equador, por 2 a 0, e deixou a Arena do Grêmio bastante aplaudida. No primeiro tempo, no entanto, a equipe teve dificuldades para transpor a marcação adversária e impacientou [?]

00:15 | 01/09/2017

A Seleção Brasileira chegou à sua nona vitória em nove jogos disputados sob o comando de Tite nas Eliminatórias para a Copa do Mundo diante do Equador, por 2 a 0, e deixou a Arena do Grêmio bastante aplaudida. No primeiro tempo, no entanto, a equipe teve dificuldades para transpor a marcação adversária e impacientou o público gaúcho.

?O primeiro tempo foi difícil. Não estávamos encontrando espaços. No segundo, rodamos a bola mais rapidamente e fizemos os gols?, disse o meia Willian, satisfeito com a apresentação coletiva. ?Foi mais um bom jogo da Seleção, um resultado importante. A sequência está muito boa.?

Capitão brasileiro diante do Equador, o lateral esquerdo Marcelo acredita que o desgaste físico do Equador contribuiu com a melhora brasileira na segunda etapa. ?A gente sabe que é muito difícil jogar as Eliminatórias. Eles não dão espaços. No segundo tempo, tivemos mais liberdade. A marcação foi muito cerrada, então o time deles cansou um pouco. Aí, ficamos com mais opções de enfiadas de bola pelo meio?, analisou.

Marcelo também não deu muita importância a quem esperava mais do Brasil desde os primeiros minutos de jogo. ?A cobrança vem porque a Seleção é cobrada em qualquer lugar, sempre. O Brasil é sempre favorito. Mas o público está com a gente. É óbvio que eles exigem espetáculo, uma maravilha de jogo, mas nem sempre conseguimos oferecer isso. Ganhar hoje foi muito importante?, afirmou.

A evolução brasileira coincidiu com a entrada do meia Philippe Coutinho no lugar do apagado Renato Augusto. O jogador do Liverpool, cobiçado pelo Barcelona, marcou o segundo gol do jogo. O primeiro foi do volante Paulinho, que já pertence ao clube catalão.

Gazeta Esportiva

TAGS