PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Balotelli se intromete na polêmica de Neymar e Cavani

Um dos homens mais polêmicos do futebol atual, Mario Balotelli foi mais um a entrar na polêmica envolvendo Neymar, Cavani e as cobranças de pênalti do Paris Saint-Germain. Por meio das redes sociais, o italiano mandou uma mensagem ao brasileiro para que ele possa evitar maiores problemas com o atacante uruguaio. Em seu instagram, o [?]

10:15 | 19/09/2017

Um dos homens mais polêmicos do futebol atual, Mario Balotelli foi mais um a entrar na polêmica envolvendo Neymar, Cavani e as cobranças de pênalti do Paris Saint-Germain. Por meio das redes sociais, o italiano mandou uma mensagem ao brasileiro para que ele possa evitar maiores problemas com o atacante uruguaio.

Em seu instagram, o atacante publicou uma foto da capa do jornal francês L?Equipe, que destaca a polêmica envolvendo Cavani e o brasileiro. No mesmo post, o jogador do Nice fez questão de mandar uma mensagem ao camisa dez. ?Neymar, você nem deveria perguntar para bater o pênalti?, disse Balotelli.

A publicação divide as opiniões na redes sociais. Algumas pessoas acreditam que o atacante está do lado de Neymar e incentivando o brasileiro a bater os pênaltis, enquanto outros, atribuem uma certa ironia de Balotelli ao recém-chegado no futebol francês. Logo depois, foi publicado outra ?história? na rede social do jogador que dizia: ?Você é craque Neymar?.

Quem também falou sobre a polêmica foi o ex-jogador e campeão mundial com a seleção francesa em 1998, Christophe Dugarry, que criticou muito a postura do atacante brasileiro e tratou a situação como um escândalo. ?Parece que o Neymar já ganhou tudo no PSG. Ele age como chefe e como quem já ganhou o Campeonato Francês e a Liga dos Campeões, mas ainda não fez nada disso?, afirmou o ex-jogador à Rádio Montecarlo.

Dugarry ainda exaltou que quando se chega em um novo clube é preciso respeitar quem já estava lá. ?No futuro o Neymar será o líder do Paris, mas agora o Unai Emery (treinador) precisa intervir para que o brasileiro não comece a mandar nos treinamentos e até dizer o que fazer?, ressaltou o francês.

Gazeta Esportiva

TAGS