PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Balbuena pede mais capricho: ?Temos que admitir os nossos erros?

Um dos líderes do elenco e capitão do Corinthians no empate por 1 a 1 com o Racing-ARG, na noite de quarta-feira, no estádio de Itaquera, pela partida de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana, o zagueiro Balbuena reconheceu que o time precisa mudar algo para as próximas rodadas. Na avaliação do paraguaio, [?]

07:45 | 14/09/2017

Um dos líderes do elenco e capitão do Corinthians no empate por 1 a 1 com o Racing-ARG, na noite de quarta-feira, no estádio de Itaquera, pela partida de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana, o zagueiro Balbuena reconheceu que o time precisa mudar algo para as próximas rodadas. Na avaliação do paraguaio, o Alvinegro precisa treinar mais para corrigir os erros que se sucedem recentemente.

?Isso aí é do jogo, não é algo que tem que se preocupar, tem que se ocupar. Tem que se ocupar das coisas, admitir nossos erros e estar mais perto de melhorar?, comentou o paraguaio, que viu o Timão ganhar apenas um jogo nas últimas cinco vezes em que entrou em campo, complicando a classificação para as quartas de final do torneio continental.

Ainda líder do Brasileiro e com sete pontos de vantagens sobre o Grêmio, segundo colocado, o clube do Parque São Jorge poderia ter assegurado boa vantagem para a volta, no dia 20, na Argentina, caso tivesse concluído melhor suas chances na etapa inicial. Nos 45 minutos finais, porém, a equipe de Fábio Carille piorou muito e viu os rivais conseguirem a igualdade.

?Temos que ser efetivos, caprichar mais no passe, perdemos muita bola na hora em que recuperamos, demos a bola para eles. Tem que recuperar isso, a gente é consciente, pode render mais e é trabalhar que os resultados vão sair?, disse o defensor, que negou qualquer relação da queda de desempenho com algum cansaço.

?Acho que não, quando o time adversário tem a posse de bola e você não tira, você corre atrás e acaba se desgastando, mas é normal. Sabíamos que o jogo ia ser difícil, time do Racing tem muita qualidade, mas a série está aberta e nós vamos para Buenos Aires buscar a classificação?, disse Balbuena, ciente de que o Timão precisará vencer ou empatar por dois gols ou mais para assegurar o posto nas quartas de final.

?Os adversários estão aproveitando nossos erros, temos de continuar trabalhando, tivemos várias chances para fazer o gol no primeiro tempo. Se fosse mais efetivo, talvez abrisse mais vantagem?, avaliou, sem se preocupar com possíveis cobranças da torcida daqui para frente.

?Ainda tinha gente cobrando quando tinha tantos jogos de invencibilidade. Falta um pouco de efetivida na hora de fazer o gol e ficar mais concentrado na hora de ficar com a bola?, concluiu.

Gazeta Esportiva

TAGS